Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Melhor Não Ler
Publicidade

Eleitor brasileiro está mais esperto do que nunca

Depois de tantas promessas não cumpridas e de um número interminável de obras não terminadas, eleitor está de olhos bem abertos

Melhor Não Ler|Do R7

São Paulo, SP - 30.10.2022 - Eleições 2022 - 2º Turno /
Foto Edu Garcia/R7
São Paulo, SP - 30.10.2022 - Eleições 2022 - 2º Turno / Foto Edu Garcia/R7 São Paulo, SP - 30.10.2022 - Eleições 2022 - 2º Turno / Foto Edu Garcia/R7

Um político de carreira – daqueles que nunca fizeram nada na vida e que quando preenchem algum formulário escrevem “político” no campo da profissão – foi visitar um povoado no interior, onde nunca havia pisado antes.

De olho nas eleições, ele resolveu fazer o sacrifício de conhecer aquele “povinho” e apertar umas mãos calejadas, ao contrário das dele que nunca viram uma enxada.

Acontece que no pleito anterior, ele até conseguiu se eleger pela quarta vez, mas foi por muito pouco. É que agora aquele “Zé Povinho” ingrato deu de exigir prestação de contas. Vê se pode? E como o “profissão-político” não tinha lá grandes coisas para mostrar, quase perdeu a boquinha... Por isso, seus assessores insistem que ele vá às ruas para ampliar seu eleitorado. Um saco!

Chegando lá, o político desce de seu carrão bem no meio da praça, onde seus assessores já haviam reunido a população. Ele acena como um membro da realeza britânica, mas é interrompido por um cidadão:

Publicidade

“Ô, seu político, nóis temo aqui dois pobrema. Será que u senhô num pode resorvê pa nóis, naum?”

“Claro, meu amado! Diga-me qual é o primeiro!”, responde o político.

Publicidade

“É que aqui a gente não temos médico!”

O político passa a mão em seu iPhone 15 e se afasta um pouco da população. Depois de dois minutinhos de conversa ele volta e diz em tom solene:

Publicidade

“Pronto, meus amados! Amanhã mesmo chegarão dois médicos e um reforço de mais quatro enfermeiros e oito técnicos de enfermagem! Agora, me digam qual é o segundo problema que eu resolverei tão rápido quanto o primeiro!”

Diante da resposta, a população cai na gargalhada e o político fica indignado: “Do que vocês estão rindo? Estão duvidando da minha palavra? Me digam qual é o segundo problema que eu vou resolver agora mesmo!”

Então, o mesmo cidadão se aproxima e diz: “Ô, seu político, aqui não pega celular!”

Esta crônica é uma ficção, mas poderia não ser...

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.