Melhor Não Ler Planos para fim da pandemia ficarão para 2023 (ou 2024)

Planos para fim da pandemia ficarão para 2023 (ou 2024)

Quem ficou em casa planejando a retomada pós-pandemia terá que adiar os planos por um ou dois aninhos  

Assim como muitos brasileiros de classe média que passaram a quarentena imitando seus artistas favoritos postando #fiqueemcasa e #aeconomiaagentevedepois, Maria Elisa Floresta, de 21 anos, terá de adiar seus planos para 2023 ou, quem sabe, 2024.

Passagens aéreas reajustadas: sonhos desfeitos e planos adiados

Passagens aéreas reajustadas: sonhos desfeitos e planos adiados

Getty Images

A estudante que sonha em morar sozinha e conhecer o mundo saiu das redes sociais para ler as últimas notícias sobre a economia, já que o “depois” chegou. Ela se desesperou ao saber que o preço dos aluguéis aumentou acima da inflação, que as companhias aéreas reajustaram os preços das passagens em mais de 30% e que a inflação prevista para 2022 subiu pela 11ª semana consecutiva.

“Tomei todas as doses da vacina, planejei ir a shows, viajar pelo mundo e até realizar meu maior sonho: morar sozinha. Mas agora que tudo aumentou e meus pais estão tendo que trabalhar o dobro para comprar metade, como eles vão ter grana para bancar todos os meus planos? A vida é mesmo muito injusta! #forabolsonaro”, postou a jovem em suas redes sociais.

Esta crônica é uma ficção, mas poderia não ser...

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas