Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Melhor Não Ler
Publicidade

Recadinho a quem precisa enlouquecidamente de atenção

Redes sociais vão desde ostentação falsa até a glamourização da desgraça, mas revelamos que isso é apenas tiro no pé. Entenda

Melhor Não Ler|Do R7

Ostentação faz parte do dia a dia das redes sociais. Mas vale a pena?
Ostentação faz parte do dia a dia das redes sociais. Mas vale a pena? Ostentação faz parte do dia a dia das redes sociais. Mas vale a pena?

Como sempre, seremos o estraga-prazeres que vai revelar o que as pessoas desesperadamente carentes esperam obter com suas postagens versus o que elas obtêm de verdade. Vamos desde as postagens de ostentação e felicidade “fake” até aquelas em que a pessoa posa de vítima.

Postagem ostentação “fake”

Posar ao lado de carrões fingindo ser o dono com a legenda “curtindo o novo brinquedinho” ou tirar fotos em provador de loja vestindo roupas caras com a legenda “levo o azul, o branco, o preto ou os três? Indecisa!”

Resultado esperado: chamar atenção, ser admirado(a) e despertar inveja.

Publicidade

Resultado real: todos sabem que o sujeito do carro mal tem dinheiro para a condução e que a pessoa no provador vai sair da loja dizendo que “na volta eu compro”.

Postagem felicidade “fake”

Publicidade

Pagar 5 dígitos no último celular lançado e fazer “selfies” em espelho de elevador de luxo com a legenda “acredite nos seus sonhos”.

Resultado esperado: chamar atenção, ser admirado(a) e viralizar como guru da prosperidade.

Publicidade

Resultado real: todos sabem que o celular foi comprado em 24 prestações e que nem a primeira está paga, além de saberem que a pessoa não mora no prédio de luxo e que passa o dia atendendo ligações de cobrança das prestações do celular no próprio celular.

Postagem “vejam como eu sofro”

Postar foto tomando soro em pronto-socorro fazendo cara de doente com a legenda: “Não trabalhe demais, ouça o seu corpo”.

Resultado esperado: chamar atenção, ser tratado como “tadinho” e ler centenas de “estamos torcendo por você, força!”

Resultado real: todos sabem que a pessoa só está desidratada porque bebeu demais pela enésima vez.

Isso também vale para as postagens de fim de ano no estilo “somos uma família feliz”, pois todo mundo sabe que entre uma foto e outra o arranca-rabo corre solto. Logo, quem vai para as redes sociais porque precisa enlouquecidamente de atenção pode estar certo de que vai recebê-la, mas talvez não exatamente como gostaria...

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.