Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Melhor Não Ler
Publicidade

Viagem de Lula: avião foi emprestado, fretado ou rolou uma carona?

Petistas, se organizarem e combinarem direitinho, dá para criar uma história só e fica mais fácil de defender o indefensável

Melhor Não Ler|Do R7

Foto ilustrativa do jatinho em que Lula viajou para o Egito, onde participa da COP-27
Foto ilustrativa do jatinho em que Lula viajou para o Egito, onde participa da COP-27 Foto ilustrativa do jatinho em que Lula viajou para o Egito, onde participa da COP-27

Conselho de amigo mesmo, daqueles do tipo #ficadica! Então, anotem para não esquecer, pois nos próximos quatro anos será necessária muita criatividade para defender o desconden... digo, o inocente eleito, como a supremacia jurídica brasileira (que está acima de tudo e de todos “em prol da democracia”) nos obriga a dizer.

E já que estamos num país com tanta democracia que transborda daqui até Nova York, significa que podemos falar o que quisermos, certo? E eu provo que se pode falar qualquer baboseira que vem à cabeça, pois a filósofa petista Mércia Tchibum não foi proibida de postar em seu Twitter uma fake news daquelas. Escuta essa:

Numa mesma postagem ela disse que a imprensa brasileira é “de direita” e que “escondeu” que o jato que levou seu ídolo ao Egito foi “fretado” e “está sendo pago pelo PT”. Ela também afirmou que quem fala o contrário está cultivando a “desinformação” e a cultura do “antipetismo” que se resume ao sentimento de “ódio contra o PT”.

Ela só esqueceu de combinar o discurso com o restante do pessoal, principalmente com o vice do inocente eleito, o Geraldão (aquele que até outro dia dizia que eleger Lula era permitir que um bandido voltasse “à cena no crime”). Nessa falta de comunicação dos dois, Geraldão disse que o petista-mor foi ao Egito “de carona”, que o amigo do Lulu já estava indo e blábláblá... Mas aí a coisa ficou ainda pior porque outros petistas andaram dizendo que o tal amigo “emprestou” o jato e que não custou nadinha. Gente, dá pra vocês se falarem, por favor?

Entendam que, se organizarem direitinho, vocês criam uma história só para cada uma das inúmeras defesas que terão de fazer. Aí para reconhecer o trabalhão que vocês vão ter, a gente finge que acredita, beleza?

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.