Odair Braz Jr Aos 40 anos, Duran Duran inova e faz clipe com inteligência artificial

Aos 40 anos, Duran Duran inova e faz clipe com inteligência artificial

Rei dos clipes nos anos 1980, nova música da banda tem clipe sem nenhum tipo de interferência humana

  • Odair Braz Jr | Do R7

Duran Duran volta a apostar em clipe, como fazia nos anos 80

Duran Duran volta a apostar em clipe, como fazia nos anos 80

Daniel Teixeira/Estadão Conteúdo - 14.11.2011

Que tal uma banda que melhor usou a linguagem dos videoclipes nos anos 80 voltar, 40 anos depois, com um novo lançamento altamente inovador? O Duran Duran acaba de fazer isso ao lançar o clipe de “INVISIBLE” (em maiúsculas mesmo), primeiro single do seu novo disco que sai em 22 de outubro e se chama Future Past.

A banda voltou a usar a alta tecnologia, como fazia em seu auge, e se juntou à empresa Nested Minds, que criou a inteligência artificial chamada Huxley. O vídeo de “INVISIBLE” vem dessa parceria e é bom você assisti-lo agora. Depois continuamos a conversa:


Bem diferente, certo? É o Huxley quem cria essas imagens surreais e não há em nenhum momento a presença de um humano no processo de edição. A inteligência artificial recebe todos os dados necessários como a letra da música, algumas fotos, a música em si e mais algumas informações sobre o artista — o Duran Duran, no caso — e, a partir daí, desenvolve o que se vê na tela do jeito que quer.

O Huxley baseia seu funcionamento em estruturas cerebrais, fazendo uma espécie de modelagem da inteligência e sentimentos humanos. Com isso, surgem as imagens, como se fossem uma espécie de sonho da inteligência artificial. É assim que os criadores de Huxley adjetivam esse processo de criação. E parece ser isso mesmo. A máquina recebe as informações todas juntas e gera algo totalmente novo, diferente e que, por incrível que pareça, faz todo o sentido. Tanto é que o clipe do DD é uma coisa sensacional de se ver.

O Duran Duran vem já há alguns meses nessa onda high-tech, que é algo que quase sempre fez parte do DNA da banda, seja musical ou visualmente. Este elemento está presente de alguma maneira nos últimos discos, mas está mais forte este ano. Além de "INVISIBLE", a banda participou de um evento em homenagem a David Bowie e regravou a canção "Five Years". Houve uma transmissão via internet e o vídeo do DD tocando a música também tem um visual incrível, meio holográfico. Vale a pena buscar para assistir.

Estes dois vídeos mais a música nova já disponível dão a entender que a banda, em seu novo álbum que sai em 22 de outubro, parece promover um retorno forte a suas origens oitentistas. O que parece ótimo.

ANOS 80
Bem, os videoclipes são uma especialidade do Duran Duran. Os clipes tiveram uma ascensão fenomenal nos anos 80 e o surgimento da MTV e sua força ao longo das décadas é prova disso. E o Duran Duran é uma das bandas que melhor souberam aproveitar essa onda dos clipes, sempre apelando muito para visuais fantásticos, paisagens incríveis, muitas cores, efeitos especiais e produções caprichadas. Fora o fato de que os integrantes eram todos bonitões, o que sempre dá aquela força.

O Duran Duran nadava de braçada no mundo dos clipes já na primeira metade dos anos 80. De 1981 a 1986, Simon LeBon e sua turma dominavam a MTV e tiveram vários hits com clipes que ajudaram a definir o visual da década e aqui dá para citar “Wild Boys”, “The Reflex”, “Is There Somethig (I Should Know)”, “Save a Prayer”, “A View To a Kill”, “Hungry Like the Wolf”, “Rio”, entre outros. Boa parte destes clipes foram dirigidos por Russell Mulcahy, que também comandou vídeos para o Queen e Culture Club. Mulcahy continua trabalhando como diretor até hoje tanto no cinema quanto em séries e aí dá para citar produções como 13 Reasons Why, Teen Wolf, Resident Evil 3 e por aí vai.

O Duran Duran, com toda essa receita de visual e música, virou uma das bandas mais bem sucedidas dos anos 80. Além dos bons álbuns e ótimas músicas, que eram uma mistura de David Bowie, disco e synthpop, o grupo inglês estourou no mundo todo. E os videoclipes foram parte importantíssima nessa estratégia de conquista mundial e foi muito por causa deles que a banda conseguiu ficar popular nos Estados Unidos, por exemplo.

Hoje, claro, a situação é bem diferente. Embora o DD venha com esse ótimo vídeo de “INVISIBLE”, é óbvio que não vai acontecer o mesmo alcance do passado. A banda, que nunca parou e vem lançando ótimos álbuns nos últimos anos, já tem mais de 40 anos de estrada e não faz o som que domina rádios e redes sociais. A grande mídia não dá mais uma grande atenção para artistas assim, mas não dá para negar que é muito bom ver o Duran Duran, já uma instituição do rock/pop mundial, se arriscando em novas tecnologias e mostrando como é que se faz.

Últimas