Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Odair Braz Jr - Blogs
Publicidade

Com Sandy no palco, Coldplay comprova que é a banda mais chata do mundo

Cantora fez participação na apresentação dos músicos ingleses na última terça-feira (14)  e cantou a música 'Magic'

Odair Braz Jr|Do R7

Chris Martin e Sandy cantam juntos no estádio do Morumbi
Chris Martin e Sandy cantam juntos no estádio do Morumbi Chris Martin e Sandy cantam juntos no estádio do Morumbi

O U2 foi durante muito tempo considerada a banda mais chata do planeta, mas já há alguns anos o Coldplay vinha disputando a posição com Bono e cia. E, agora, não há mais dúvida nenhuma de que o grupo comandado por Chris Martin — e que faz seis shows seguidos em São Paulo — assumiu a liderança disparadamente.

Na última terça-feira (14), já em sua quarta apresentação no estádio do Morumbi, os britânicos tiveram Sandy (a irmã do Junior, você sabe) como convidada. Só essa ação, isolada, já torna o Coldplay a coisa mais insuportável do mundo artístico. A banda sozinha já é um porre, com músicas melosas, cheias de conversa de transcendência, mensagens motivacionais, supostas reflexões profundas e coisas do tipo. E nós, aqui do Brasil, somos obrigados a aguentar esse chororô dos ingleses — que, por algum motivo acham que o que fazem é rock — em onze apresentações no total (ainda tem um show em Curitiba e três no Rio). Veja: os sujeitos são até bem intencionados, preocupados com o planeta e tal, mas não tem como negar que são uns malas sem alça.

E, como se não bastasse toda essa chatice do Coldplay, eles (ou alguém da produção) ainda tiveram a brilhante ideia de convidar a Sandy para o show da última terça. E, todo mundo sabe, Sandy é bem chatinha. Ela mesma já admitiu isso e disse, no passado, que é “muito chata” e que sua mãe afirma que ela é “crica”. Então, não dá para negar. E as canções da moça não ficam atrás nesse quesito.

E quis o destino que essa reunião de chatos do planeta acontecesse logo aqui em São Paulo, num evento perfeito para o público de sapatênis molhados que estava no estádio. Ela cantou Magic, do Coldplay e, depois, ainda mandou um Quando Você Passa (Turu Turu), da carreira dela com o irmão.

Sério mesmo, difícil pensar num evento de entretenimento mais desestimulante do que esse. Talvez só pudesse ficar pior se caísse uma baita chuva que alagasse toda a região e inundasse o estádio. Opa! Isso também aconteceu. Bom, então, talvez, se o Coldplay chamar o KLB. Aí o bicho pega de verdade.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.