Odair Braz Jr E.T. e Elliott se reencontram 37 anos depois e emocionam os fãs

E.T. e Elliott se reencontram 37 anos depois e emocionam os fãs

Repercussão de vídeo na internet é gigantesca e é a "continuação" que todo mundo sempre sonhou em ver no cinema

Elliott e E.T. juntinhos 37 anos depois

Elliott e E.T. juntinhos 37 anos depois

Reprodução

Imagino que você já tenha assistido a E.T.: O Extraterrestre, um dos maiores clássicos de Steven Spielberg e que foi lançado em 1982. Sim, 37 anos atrás. Na história a gente viu um extraterrestre ficar perdido na Terra após a nave em que estava partir às pressas, deixando-o para trás. Em seguida, um garotinho chamado Elliott, interpretado por Henry Thomas, encontra o alienígena e eles ficam amigos. Passam por várias aventuras e uns tantos perigos.

Enfim, esse filme, como dito acima, é um megaclássico e é daquelas coisas que ajudam a definir uma década, no caso a de 1980. Não tem como falar daqueles anos sem mencionar E.T. e Elliott.

E é por isso que esse vídeo, que é uma propaganda, mas muito bem disfarçada, é um negócio de louco. Ela mostra o alienígena e Elliott se encontrando novamente, só que hoje em dia. 37 anos depois. E é a alegria de quem é fã dos anos 80 e de quem sonhava em ver uma continuação do longa, coisa que Spielberg nunca fez. E, provavelmente, nem fará.

Assista:


Como deu para ver, o vídeo é mesmo muito especial. O jeito com que foi filmado é muito parecido com o filme, com aqueles fachos de luz saindo da lanterna altamente característicos. E tem as crianças, filhos de Elliott. O menino lembra muito o pai quando criança e a garotinha é a cara da Drew Berrymore, que interpretava Gertie, a irmãzinha de Elliott. Pode reparar como as duas se parecem.

Fora isso, ainda há outras várias referências ao passado, com o E.T. assistindo televisão, experimentando guloseimas terrestres, fazendo a plantinha voltar a ficar bonita, voando de bicicleta com as crianças etc. E também acaba conhecendo a internet, TV a cabo (que é a empresa que banca o comercial) e alguns aspectos dos século 21. Afinal, tem coisa para aprender, já que sua última passagem por aqui foi no longínquo 1982. E também, como você deve ter visto, E.T. tem um filho/a.

Enfim, um vídeo para emocionar. É para ver várias vezes.