Faustão detona funcionários da Globo já há muito tempo

Apresentador é a causa de processos contra a Globo por causa de suas "brincadeiras" que, no fundo, não passam de assédio

Faustão tem que parar com as grosserias

Faustão tem que parar com as grosserias

Reprodução/Globo

Não é de hoje que Fausto Silva fala mal de algum funcionário da Globo ou mesmo da equipe do seu programa. O apresentador é meio incontrolável e é daqueles que falam o que querem ali, ao vivo. Foi o que aconteceu nesse domingo (18), quando Faustão chamou um funcionário de “imbecil” após uma falha no telão do palco. A internet não perdoou e caiu em cima. Mas isso não é novidade.

O apresentador já tomou essa atitude várias vezes, tanto é que a Globo foi processada pelo ex-produtor Renato Oliveira Cardoso, o Renatinho, que trabalhou durante anos no Domingão. O processo, que chegou ao fim agora em 2019, era contra o canal e não contra Fausto, mas grande parte da briga na Justiça aconteceu por causa das brincadeiras que o apresentador fazia com Cardoso. O produtor era chamado, no ar, de “mulherengo” e “galinha” e isso teria provocado o fim de seu casamento. Renato perdeu essa parte do processo, ganhou a trabalhista, mas a reclamação contra o apresentador efetivamente existiu.

Um outro caso famoso é o do câmera conhecido como Gaúcho, que era meio que perseguido no ar por Faustão lá nos fim dos anos 80/início dos 90. Era tudo na base da brincadeira que o apresentador o chamava de “corno”, “tarado”, “galã de velório” etc e tal. Durante alguns anos Ivalino Raimundo da Silva, o Gaúcho, aguentou as “brincadeiras”, até que se cansou e processou a Globo.

E, se você prestar atenção mesmo ao programa, notará que Fausto sempre solta umas broncas, uns xingamentos e reclamações com uma boa frequência. E aí sobra para produtores, redatores, bailarinas, repórteres e por aí vai. Até houve uma época em que isso que o apresentador faz até hoje era engraçado para os espectadores. Foi um tempo em que ninguém ligava muito para esse tipo de coisa, mas hoje em dia não é mais assim. Ninguém mais acha bacana ver um assédio moral ao vivo na TV. Faustão tem que se ligar nisso e parar com a grosseria.