Galvão, Hamilton é o 1º piloto a vencer com apenas três rodas na F1

Não há registro de que algum outro piloto tenha realizado algo igual ao que fez o piloto inglês no último domingo (2)

Lewis Hamilton faz a última volta do GP de Silverstone com o pneu estourado

Lewis Hamilton faz a última volta do GP de Silverstone com o pneu estourado

REUTERS/Andrew Boyers/File Photo

A vitória de Lewis Hamilton no GP de Silverstone com um pneu furado, no último domingo (2), continua repercutindo muito. Afinal, não é todo dia que se vê isso na Fórmula 1. Aliás, isso nunca foi visto na categoria. Hamilton é o primeiro piloto da história a vencer uma prova nessas condições.

Já houve casos parecidos, como aconteceu em 1987, com Stefan Johansson, que chegou em segundo lugar com apenas três pneus de sua McLaren. Mas é isso: foi segundo colocado. Outros pilotos, em temporadas passadas, também já pilotaram por longos trechos de pista sem uma roda, mas não estavam prestes a receber a bandeira quadriculada.

Para quem não viu a corrida no domingo, Hamilton já tinha entrado na última volta, liderando a corrida, quando seu pneu dianteiro esquerdo estourou devido ao desgaste. Na verdade, se desfez. O inglês continuou dirigindo o carro, com um grande cuidado, para conseguir terminar a prova e vencer. Hamilton pilotou assim por 2/3 dessa volta final e, como tinha uma boa vantagem para o segundo colocado, conseguiu triunfar uma vez mais. Foi um feito sensacional e realmente inédito na Fórmula 1 quando se fala em vitória. Não há registro de que algum outro piloto tenha vencido uma etapa da F1 dessa maneira.

E na repercussão da corrida feita no programa Bem, Amigos, do SporTV, na última segunda (3), Galvão Bueno afirmou que isso já teria acontecido no passado na categoria mais importante do automobilismo. O narrador disse isso em conversa com Cléber Machado, mas não conseguiu lembrar quem foi o piloto que realizou o feito e nem em que ano. Acontece que realmente não há esse nome, já que nunca aconteceu de haver uma outra vitória com apenas três rodas na F1.

Hamilton checa o estado do pneu

Hamilton checa o estado do pneu

REUTERS/Will Oliver/File Photo

Tudo bem, Galvão falou isso ali no calor do programa. Afinal ele já narrou tantas corridas em sua carreira e não é difícil se confundir mesmo num assunto assim. Acontece. Ele mesmo narrou, por exemplo, aquele segundo lugar sem uma roda de Stefan Johansson citado ali em cima. Então, não é mesmo difícil de se enganar. E Galvão tem crédito, né?! A gente perdoa.

Mas o fato é que Hamilton realizou algo histórico no último domingo na Inglaterra. Já houve piloto cruzando em primeiro a linha de chegada com problemas nas asas do carro, com pneu perdendo pressão, com pneu altamente desgastado mas ainda sem desmanchar e por aí afora. Agora ganhar uma prova sem um pneu, com ele completamente destruído e ainda andando assim por 2/3 da última volta é inédito.

Quem é que vai parar o inglês na F1? O cara ganha até sem pneu, pôxa!