Odair Braz Jr Livro brasileiro disseca o mundo de Planeta dos Macacos

Livro brasileiro disseca o mundo de Planeta dos Macacos

Obra já está nas livrarias e traz quilos de informações sobre os filmes, séries de TV, HQs e mostra toda a importância desse universo para a cultura pop

  • Odair Braz Jr | Do R7

A versão moderna de Cesar, na trilogia lançada a partir de 2011

A versão moderna de Cesar, na trilogia lançada a partir de 2011

Divulgação

Nos Estados Unidos e Europa é meio comum o lançamento de livros que contam tudo sobre sagas cinematográficas, tipo enciclopédias. Já no Brasil é algo bem mais raro e é por isso que a gente tem que celebrar a chegada deste Quando os Macacos Dominavam a Terra, do autor Eduardo Torelli.

A saga dos símios voltou com força aos cinemas em 2011 com Planeta dos Macacos: A Origem e mostrou a guerra entre esses bichos e os humanos. Foi muito bem de bilheteria e gerou mais duas continuações. Acontece que Planeta dos Macacos tem uma gênese bem anterior, sendo que o primeiro longa da série foi lançado em 1968, com Charlton Heston no papel principal.

A capa do livro

A capa do livro

Divulgação

O grande sucesso deste longa inicial fez surgir mais quatro sequências nos anos 70, transformando o Planeta dos Macacos em um hit da ficção científica. A série virou assim uma das primeiras grandes sagas do cinema e deu origem a bonecos, quadrinhos, desenhos animados, entre outros produtos licenciados. Foi um modelo que serviu de inspiração e acabou sendo adotado e sistematizado, mais tarde, por George Lucas em Star Wars, por exemplo.

Planeta dos Macacos não foi o precursor em usar o merchandising de personagens. Isso já acontecia com James Bond e a Disney também explorava isso. Mas o Planeta foi uma das primeiras nesse sentido”, conta Torelli.

O livro segue por esse caminho, que é o de explicar os motivos do sucesso da série de filmes, revelando todos os detalhes de suas diversas produções. Assim, quem ler, entrará em contato com muita informação sobre os bastidores, como os longas iniciais foram feitos, a série de TV, quadrinhos, as produções mais recentes, enfim, poderá vasculhar todo esse universo gigantesco do mundo dos macacos.

E bota universo gigantesco nisso: “Planeta dos Macacos foi a série que mais teve desdobramentos em outras mídias. Na mesma época tinha cinema, televisão, quadrinhos, shows”. Nesse sentido, conta Torelli, a série de longas foi um fenômeno maior do que outros da época, como 007, por exemplo, que não conseguiu se sair tão bem em outras mídias, como nos quadrinhos. “A HQ do Planeta era um dos títulos mais rentáveis da Marvel, em 1974”.

UNIVERSO
Quando Os Macacos Dominavam A Terra, com o extenso trabalho de pesquisa de seu autor, deve ser uma das maiores — senão a maior — obra sobre o assunto. O livro contextualiza o universo da ficção científica, como esse gênero era trabalhado no cinema e como é que isso tudo foi desaguar no surgimento de Planeta dos Macacos.

Charlton Heston no primeiro filme da série, em 1968

Charlton Heston no primeiro filme da série, em 1968

Divulgação

Mais do que isso, Torelli faz uma contextualização sobre o mundo da ficção científica no cinema antes do surgimento dos longas dos macacos. Mostra como é que o estúdio — no caso a Fox — se interessou pelo projeto e também como o zeitgeist influenciou na criação do projeto e se fez muito presente na história. Já no primeiro filme, de 1968, há discussões sobre racismo, por exemplo, algo latente na vida norte-americana na época. O longa também toca em assuntos como a Guerra Fria entre Estados Unidos e URSS, holocausto nuclear, destruição da natureza e por aí vai. Lendo o livro, você entende a importância de Planeta dos Macacos para a cultura pop mundial e até mesmo da brasileira. Por aqui, houve inclusive programa de TV inspirado pelo universo dos símios.

E, se o que você quer, informações específicas sobre as diversas produções envolvendo os símios, a obra traz isso em toneladas. O autor analisa detalhadamente cada um dos filmes, tanto os dos anos 70, como também o de 2001 — dirigido por Tim Burton — e os três mais recentes que relançaram a marca no século 21.

Todas as análises do livro dão uma falam sobre a história do filme e trazem ainda notas de produção, curiosidades, resenhas críticas e tudo recheado com fotos de bastidores, pôsteres e outras imagens, algumas bem raras e que não se acha por aí no google.

A obra de Torelli aborda ainda as séries de TV dos anos 70, tanto a live-action como a em animação. O autor traz guias de episódios completos dessas duas produções. Há detalhes sobre as diversas HQs lançadas ao longo das décadas e até um capítulo especial sobre a macacomania no Brasil.

Para finalizar, há entrevistas com atores que participaram dos diversos longas. Eles contam alguns detalhes interessantes e revelam como foi atuar naqueles filmes, tanto os antigos como os mais recentes. Andy Serkis, que interpreta Cesar na trilogia que surgiu em 2011, está no livro e fala sobre como foi emprestar suas feições e movimentos ao protagonista da história através da tecnologia de captura de movimentos.

Quando os Macacos Dominavam A Terra esgota o assunto sobre esse universo. É para quem quer saber tudo sobre essa saga e também para quem tem interesse em saber mais sobre uma parte importante da história do cinema e da ficção científica.

Você pode comprar em versão capa dura ou mole e é fácil de encontrar nas principais livrarias online.

Últimas