Odair Braz Jr Novo trailer do SnyderCut consegue despertar uma coisa: preguiça

Novo trailer do SnyderCut consegue despertar uma coisa: preguiça

O SnyderCut chega em 2021

O SnyderCut chega em 2021

Divulgação

É verdade isso aqui: a torcida desse blogueiro é que a nova versão do filme da Liga da Justiça seja algo muito legal. O supergrupo da DC Comics merece isso e os fãs também têm que ter um longa com esses heróis para chamar de seu.

Dito isso, saiu um novo trailer nesta terça (17) com algumas poucas cenas inéditas. Não trazem nada de muito novo ou curioso e novamente tem como trilha sonora a música Hallelujah na versão de Leonardo Cohen.

Veja o trailer:

E é isso. Estão lá as velhas cenas em câmera lenta, capas voando, poses heróicas clássicas e coisa e tal. Enfim, uma preguiça gigantesca. Preguiça para a gente que assiste a isso e preguiça do diretor Zack Snyder e sua equipe que não conseguiu produzir um trailer que seja mais atraente, divertido e empolgante. A impressão que dá é de estar vendo um filme que foi lançado em 1982. Snyder parece não entender que a fila andou e que esta estética que defende é algo que ficou ultrapassada. Já tivemos filmes como Vingadores Ultimato, Deadpool, a série The Boys e por aí vai.

Enfim, isso não quer dizer que o SyderCut - a versão do diretor para o longa - será ruim e que ninguém deve assisti-lo quando sair no streaming em 2021. Até porque o que ele está fazendo é um outro filme, né? Syder fez novas cenas, incluiu personagens, mudou roteiro e por aí afora. Não é exatamente uma versão do longa que foi lançado em 2017 nos cinemas e também não é nem uma versão do que ele própria queria ter lançado. Como disse, é uma outra coisa, um outro filme. Então, todo mundo deve ver. Todo mundo vai querer ver, sem dúvida.

Mas que Snyder sabe dar uma preguiça danada na gente, ah isso ele sabe.

Últimas