Odair Braz Jr Rádio Táxi grava Roberto e diz: “Pra que fazer disco? Ninguém compra"

Rádio Táxi grava Roberto e diz: “Pra que fazer disco? Ninguém compra"

Banda que teve vários hits nos anos 80 e 90 regrava Se Você Pensa, mas nem pensa em soltar um álbum de inéditas nesse momento

  • Odair Braz Jr | Do R7

Gel Fernandes, de óculos, contou detalhes da gravação de Se Você Pensa

Gel Fernandes, de óculos, contou detalhes da gravação de Se Você Pensa

Divulgação

A vida não está nada fácil para bandas de pop/rock no mundo e, no Brasil, não está muito diferente. É que se você não é uma dupla sertaneja ou a Anitta é complicadíssimo fazer sucesso, tocar em rádios ou na TV. Mas o Rádio Táxi, banda paulistana que já podemos chamar de clássica, é uma daquelas que estão aí desde os anos 80 e nunca desistiram.

O grupo é dono de uma série de hits que tocaram até dizer chega na TV e no rádio, músicas como Eva, Dentro do Coração, Garota Dourada, Coisas de Casal, Um Amor de Verão, Sanduíche de Coração, Com o Rádio Ligado, entre outras. E agora, ainda em meio à pandemia, acaba de lançar uma regravação de Se Você Pensa, uma das mais sensacionais canções de Roberto e Erasmo Carlos, que saiu originalmente em 1968 e que veio em 2020 com um jeitão meio oitentista, com efeitinhos aqui e ali, guitarras e teclado.

Numa conversa via Zoom, Gel Fernandes, baterista do Rádio Táxi desde sempre, contou um pouco dos bastidores da gravação de Se Você Pensa. “A gente gravou Roberto no nosso primeiro disco [lançado em 1982]. A gente era fã, gostava da Jovem Guarda”, conta. Gel diz que ele mesmo já estava com vontade de gravar uma outra música do Rei, mas que a coisa foi ficando de lado “porque eu falava ‘pô, vai dar tanto trabalho’. É que sem gravadora é você mesmo que tem que ir atrás [da liberação dos direitos]. E eu sabia que ia dar trampo”.

É, trabalho daria mesmo. Afinal a gente está falando aqui de uma música do Roberto Carlos, sujeito que não é qualquer um, como você deve saber bem. Mas a ideia de regravar o Rei estava lá e, em 2019, Fábio Nestares, atual vocalista do Rádio Táxi, substituiu Paulinho, cantor do Roupa Nova, em alguns shows. Foi aí que o produtor Lui Melo, que trabalha com o Roupa, mostrou para Fábio uma versão diferente de Se Você Pensa. “Depois disso, o Lui mostrou pra gente [para todo o Rádio Táxi] e falamos ‘vamos gravar’”. Gel continua: “O Lui tinha feito mais ou menos o arranjo pra música, o Fábio gostou e todo mundo também gostou na hora. Fora que eu já queria gravar uma outra do Roberto e quando essa apareceu falei ‘vamos nessa’”.

TRABALHEIRA

Juntar a banda no estúdio, tocar Se Você Pensa e gravar é a parte bacana, certo? Mas lembra aquela parte do “vai dar trabalho” ali em cima? Então... deu um certo trabalhinho. Depois que decidiram fazer a nova versão da canção “a gente deixou tudo com os caras do escritório [para ter a autorização do Rei]. Mas eu vi que estava demorando muito e falei ‘pô, me dá o telefone dele que eu mesmo ligo’”, diz Gel. A prontidão do baterista em falar com Roberto tem uma razão de ser: “É que eu tinha até uma história pra contar pro Roberto, caso precisasse. Podia falar que toquei com o Dudu [Braga, filho de Roberto] no projeto Meninos do Morumbi. Meu irmão tocou durante muito tempo com o Roberto e eu também o conheci”.

Acontece que ninguém conseguiu o telefone do Roberto, o máximo que deu para arranjar foi o número de Eduardo Lages, maestro da banda do Rei. “Mas eu sabia que ia cair nele [Eduardo] e que ia demorar também. E a gente estava com a música pronta e já estávamos tocando ela nos nossos shows. Mas não tínhamos gravado ainda”.

Foi aí que apareceu o telefone do Dudu Braga. Gel conversou com ele e a resposta saiu na hora: "Ele falou 'tá na mão, tá na mão'. Não sendo Emoções e Detalhes'", revela o baterista. “Aí eu disse pro Dudu ‘então, pronto. Tchau’. Mas eu não tinha nem dito pra ele qual era a música, ele perguntou e eu falei ‘Se Você Pensa’. E ele disse que tudo bem. Foi o único jeito que conseguimos dar”.

Assista ao vídeo de Se Você Pensa:

SEM DISCO NOVO

Se Você Pensa, na versão do Rádio Táxi, mantém o estilo da banda, que faz rock com uma levada pop, flertando com o som característico dos anos 80. Afinal, aquela década e sua música insistem em continuar por aí até hoje. “É, a gente não quer sair muito, porque a nossa raiz é essa aí. E estamos com um lance bem legal na banda, porque tem eu e o Lee [Marcucci, baixista eterno do Rádio Táxi] desde essa época. E tem os outros três, mais novos. Temos uma fusão e vamos dosando o que eles querem e o que a gente quer. Então, fica o lance da raiz do Rádio Táxi, mas com um lado moderno também”.

Primeira formação da banda, da esq para dir: Willie (vocal), Lee Marcucci (baixo), Gel (bateria) e Wander Taffo (guitarra)

Primeira formação da banda, da esq para dir: Willie (vocal), Lee Marcucci (baixo), Gel (bateria) e Wander Taffo (guitarra)

Reprodução

Infelizmente, para os entusiastas do som dos anos 80, o lançamento de Se Você Pensa não vem para anunciar um novo disco do Rádio Táxi que, aliás, não lança um álbum de estúdio desde o já distante ano de 1997. Embora a banda nunca tenha parado. “Gravamos só essa aí mesmo. Depois que ouvi o Mick Jagger falando ‘gravar pra quê? Ninguém toca’... se não tocam os Rolling Stones vão tocar eu???”, reclama Gel. E ele vai em frente: “Você grava pra ninguém tocar e também não vai vender. E não é porque é ruim, é que ninguém vai comprar porque não tem mais loja de discos. Cadê as lojas?”.

Assim, os planos do Rádio Táxi estão em divulgar Se Você Pensa e, quando acabar a pandemia, voltar a fazer shows. “Queremos tocar mais em São Paulo. Ficamos muito tempo no interior e em outros Estados, então queremos nos apresentar bastante aqui”. Além disso, há também a ideia de uma turnê em conjunto com o Placa Luminosa, outra banda famosa nos anos 80. Eles até fizeram um show juntos esse ano e iriam sair em excursão pelo Brasil, mas aí chegou o coronavírus e o resto da história você já sabe: tudo parou, inclusive o Rádio Táxi.

Mas Se Você Pensa está aí, só pra lembrar a gente que nem uma pandemia impede a década de 80 de continuar bombando por aí. Mesmo que venha com umas modernices de leve.

Últimas