Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Odair Braz Jr - Blogs
Publicidade

Zezé Di Camargo lança música solo ruim com o pior clipe do ano

Agora vamos esperar o próximo lançamento de Eduardo Costa, de breguice e música ruim esse entende bem

Odair Braz Jr|Do R7

Zezé fazendo carinha de gatão
Zezé fazendo carinha de gatão Zezé fazendo carinha de gatão

É sempre aquela coisa: o jeito é torcer para que bandas chatas e duplas sertanejas nunca se separem. É que, sempre que isso acontece, em vez de um disco ruim, a gente vai ter vários.

É o que está acontecendo neste momento com Zezé Di Camargo. Ele e seu irmão Luciano decidiram dar um tempo na dupla para se dedicarem a trabalhos solos. Luciano soltou o seu em 2021, enquanto Zezé coloca agora nas principais plataformas musicais o EP Rústico, com cinco músicas.

A música que está sendo trabalhada agora é Banalizaram, uma balada sertaneja com aquelas violas que todo mundo já conhece, uns timbres chatinhos ali pelo meio e letra pra lá de medonha. É uma coisa bem rústica mesmo. Tem coisas do tipo "como é que ele ama e faz o que faz", "será que pra te convencer eu vou ser o inventor da palavra que substitui a palavra amor" e rola daí para baixo.

Mas o pior mesmo é o videoclipe. Vamos combinar que Zezé é um músico rico, cheio de recursos, com empresas o apoiando e que pode — se for o caso — bancar um videoclipe decente. Então, não há motivo para que ele coloque no YouTube um vídeo tosco como este de Banalizaram.

Publicidade

A ideia geral foi mostrar um casalzinho se pegando numa bela casa, tudo filmado no maior piloto automático da história. Parece aqueles vídeos ruins de casamento, sabe? Entre as cenas do moço e da moça, surge Zezé cantando. Ele aperta os olhos, olha de lado para a câmera, aparece de camisa e colete, depois veste um terno. Enfim, se esforça para mostrar que ainda dá um caldo. Ficou meio ridículo, mas deve ter quem goste.

Só que os problemas do clipe não param por aí. Dá para ver claramente que o cantor está dublando no vídeo. OK, isso é normal e todo mundo faz. Acontece que sempre há um esforço da direção e do artista para não deixar isso aparecer na tela. Com Zezé, isso não acontece. Quem assiste tem a nítida impressão de que ele está só mexendo os lábios, sem soltar a voz de verdade. Parece um detalhe, mas é algo que compromete totalmente o resultado final do clipe. Quer dizer, a parte musical da coisa — que é o que interessa —, com Zezé, não funciona. E aí você ainda junta com as cenas toscas do casalzinho e temos aqui um campeão da ruindade.

Publicidade

Banalizaram é o pior vídeo do ano da música brasileira até agora, mas ainda estamos apenas em fevereiro. Vamos esperar mais um pouco para ver se Eduardo Costa supera seu colega logo mais.

Se quiser se arriscar, o clipe está abaixo:

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.