Logo R7.com
Logo do PlayPlus
RPet
Publicidade

Saiba como ensinar o cachorro a ficar sozinho em casa

Veja a melhor forma de adaptar o animal à rotina sem que ele sinta a ansiedade da separação ou destrua os móveis da casa

RPet|Do R7

Cães viviam em matilhas e é natural não gostarem da solidão
Cães viviam em matilhas e é natural não gostarem da solidão Cães viviam em matilhas e é natural não gostarem da solidão

No geral, cães não gostam de ficar sozinhos, o que é natural, uma vez que eles viviam em matilhas. Com a rotina doméstica, os pets precisam aprender a conviver com a solidão e cabe aos responsáveis ensiná-los a ficar bem e, de preferência, sem destruir a casa.

O primeiro ponto é caprichar nos passeios. "O animal precisa fazer de 20 a 30 minutos de caminhada por dia, é um tempo de distração e para queimar energia", observa Ivan de Jesus, dogwalker e adestrador.

Leia também

Com as caminhadas, os cães tendem a ficar mais tranquilos e menos ansiosos. Um cão menos estressado tende a passar bem durante o dia. Importante ter brinquedos espalhados pela casa, assim, nos momentos que estiver entendiado, terá uma distração melhor que roer os móveis. 

Um treinamento importante que os responsáveis devem fazer é deixar os animais sozinhos aos poucos. Vá a um cômodo, deixe o pet sozinho em outro local e quando retornar, evite o contato visual. Repita várias vezes por dia e aumente o tempo entre as "saídas".

Publicidade

"Nada de fazer festa quando sai de casa ou quando retorna", explica Ivan. Muitas vezes a ansiedade dos animais é causada pelos próprios donos. Vai sair de casa? Nada de grandes despedidas, pegue a bolsa, o casaco e a chave e vá. 

Em casos extremos, em que o cão está se lambendo muito ou, causando machucados na pele, os responsáveis devem procurar ajuda de um veterinário.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.