Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 VIRTZ
Publicidade

Rede social fornece informação de qualidade a pessoas com autismo

Tismoo.me permite criar grupos de discussão e conectar pessoas com TEA a cientistas que fazem pesquisa nessa área

Virtz|Brenda Marques, do R7

Fita com quebra-cabeça foi escolhida como símbolo do TEA para demonstrar sua complexidade
Fita com quebra-cabeça foi escolhida como símbolo do TEA para demonstrar sua complexidade Fita com quebra-cabeça foi escolhida como símbolo do TEA para demonstrar sua complexidade

O aplicativo Tismoo.me é a primeira rede social do mundo dedicada exclusivamente ao autismo e condições neurológicas relacionadas a esse transtorno. Seu principal objetivo é conectar pessoas que fazem parte desse universo e ser uma ferramenta para a organização de dados de saúde sobre o assunto.

Francisco Paiva Junior, diretor executivo da Tismoo.me, explica que o aplicativo permite o contato entre pessoas com autismo e especialistas que fazem pesquisa nessa área.

"A maior preocupação nossa é com privacidade e segurança. Então, você pode escolher compartilhar seus dados ou não", explica. "E aí, a pessoa é avisada toda vez que o perfil dela coincide com aquele que é procurado por um cientista que está fazendo uma pesquisa e decide se quer entrar em contato com ele", detalha.

Grupos de discussão e informações

O aplicativo também permite criar grupos de discussão e compartilhar informações relacionadas ao Transtorno do Espectro Autista (TEA), desde um artigo sobre comunicação alternativa para quem tem filho que não se expressa verbalmente até uma série que aborde o tema.

Publicidade

Tudo isso é feito com recursos de acessibilidade que se adaptam às necessidades de cada um. Como, por exemplo, a opção de desativar o uso de emojis ou então ativar a descrição da expressão de cada um deles.

"Isso porque a gente identificou que, entre os autistas, existem dois grupos com dificuldades diferentes em relação aos emojis. Um tem hipersensibilidade visual. E o outro deseja utilizá-los, mas não consegue identificar qual a expressão sentimental deles, que é algo que ocorre no dia a dia, na interação com outras pessoas também", explica.

Publicidade

Leia também

Lançado em novembro de 2020, o Tismoo.me é utilizado por cinco mil pessoas no Brasil e nos Estados Unidos. De acordo com Francisco, 95% do público é brasileiro. Para entrar na rede, é preciso receber um convite de quem já faz parte dela.

Essa foi uma saída encontrada para estabelecer algum tipo de controle sobre as informações compartilhadas no aplicativo. Mas um sistema de checagem da confiabilidade de conteúdos está sendo elaborado. Depois que ele for implementado, o acesso será estendido a todas as pessoas. Isso deve acontecer até o início de 2022, segundo o diretor-executivo. 

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.