Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Dá para viver sem arroz e feijão? 

Aprenda a variar os grãos para ter uma alimentação mais saudável e menos monótona 

Aprendiz de Cozinheira|ALINE SORDILI

Arroz e feijão
Arroz e feijão Arroz e feijão

Dá para viver sem arroz e feijão? Dá sim!

Eu gosto muito de feijão e até mesmo de uma boa feijoada. Mas nada me cansa mais, e me faz comer bobagens, do que escolher as mesmas coisas todos os dias. E é aí que eu encaixo o arroz e o feijão.

Dentro da família do arroz e de seus possíveis substitutos, são tantas as opções que, com certeza, vou esquecer algum:

- cuscuz marroquino - esse é sempre a minha primeira opção de troca por ser extremamente rápido de fazer e gostoso);

Publicidade

- arroz basmati - é arroz? É, mas tem uma estrutura e um sabor completamente diferente do arroz agulhinha do dia a dia. Arroz parboilizado eu nem compro, nem consumo;

- quinoa - tem vermelha, preta, branca, toda misturada. Dá para cozinhar bem firme para compor uma salada ou mais molinha para substituir o arroz;

Publicidade

- arroz integral e arroz cateto - eu prefiro o cateto, que é menor, mais saboroso e mais durinho. Acho um grande erro dos restaurantes por quilo cozinhar o arroz integral até ele derreter e virar uma flor. Mais firme, mais saboroso. Dentro da família do integral tem o 7 grãos e suas variações. Prefira sempre o que for diferente e mais completo;

- arroz arbóreo ou carnaroli - para fazer aquele risoto maravilhoso. Não cozinhe até derreter!;

Publicidade

- arroz vermelho e arroz negro - demoram mais para cozinhar, mas são deliciosos. Eu sempre procuro colocar uma proteína clara, como peixe ou frango, para dar contraste no prato.

E os feijões? São tantos tipos que já valem a variação entre si. Quanto mais alternando com outras leguminosas. Vamos lá:

- feijão preto - para o dia a dia sim;

- feijão branco e vermelho - experimente os sabores diferentes;

- feijão fradinho e feijão verde - para fazer mais sequinho, como salada, bem fresquinhos e temperados;

- feijão mungo e feijão azuki - rendem um curri indiano e tanto;

- lentilhas de todas as cores e tipos - tanto para sopas, cozidos ou saladas;

- grão de bico - para uma salada, um cozido com carnes e linguiças ou até mesmo para um hommus;

- ervilha - também dá para uma saladinha, mas eu prefiro como sopa.

Tente variar os alimentos no seu dia a dia para não cair em tentações e aprender novos sabores e novas opções para cozinhar. 

Tabela nutricional comparativa entre tipos de arroz e feijão
Tabela nutricional comparativa entre tipos de arroz e feijão Tabela nutricional comparativa entre tipos de arroz e feijão

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.