Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Entretenimento – Música, famosos, TV, cinema, séries e mais
Publicidade

Lore Improta ajudou Léo Santana a ter coragem da primeira turnê com quase 20 anos de carreira

O projeto, que vai passar por diversas regiões do Brasil, vai ser de pagode, gênero musical diferente do que o artista canta

Famosos e TV|Gabriela Guidotte*, do R7

Léo Santana lança primeira turnê (Fotos: Patrícia Devoraes/Brazil News - 15.05.2024)

O cantor Léo Santana, de 36 anos, lançou nesta quarta-feira (15) sua primeira turnê de pagode, a Paggodin. O evento, que está previsto para iniciar em agosto, em Belo Horizonte (MG), já tem shows marcados até janeiro de 2025. O artista iniciou o seu contato com a música tocando pandeiro em um grupo de pagode.

“Eu estou quase para completar 20 anos de carreira, e não desmerecendo o meu trabalho, mas é o trabalho que eu sou mais apaixonado. Acho que é porque, de fato, faz parte da minha história desde sempre. Eu comecei a cantar por causa do pagode, por causa desse gênero específico”, declarou Léo Santana durante a coletiva de imprensa do lançamento da tour.

O ‘Gigante’, como é conhecido, é casado com a influenciadora digital Lore Improta, de 30 anos, e os dois são pais da Liz, de 2. No audiovisual do projeto, gravado no Rio de Janeiro no ano passado, a família do cantor acompanhou o show de perto. Nos clipes, é possível ver a esposa do artista curtindo as músicas do marido.

“Lore é a fã mais fã de todos desse projeto, acho que ela foi quem mais me cobrou para fazer, além dos meus fãs. Ela fala: ‘independentemente do que as pessoas acham, é o que você ama fazer, você gosta de fazer, vai porque você quer fazer, não pelo que as pessoas vão achar ou deixar de achar’, e isso me motivou muito e me criou muita coragem”, disse o cantor.

Publicidade

Léo já gravou com outros artistas para a divulgação do projeto, como Thiaguinho, Ludmilla, Xande de Pilares e Ferrugem. Segundo ele, houve convites para outros cantores participarem das apresentações. “Convidei a Luisa Sonza também, porque eu quero trazer um tipo de artista que, até então, faz outro tipo de som”, explicou. Em cada edição do ‘Paggodin’ terá a gravação de uma música inédita com algum convidado.

O artista ainda anunciou que vai reverter R$ 6 de cada ingresso vendido na turnê em doações para o Rio Grande do Sul. Serão enviados alimentos, produtos de higiene, e outros itens solicitados pelas instituições do estado, para as vítimas da tragédia que atinge o RS.

*Sob supervisão de Thaís Sant’Anna

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.