Famosos e TV Morre garoto-propaganda de cigarrinhos de chocolate

Morre garoto-propaganda de cigarrinhos de chocolate

Paulo Pompeia tinha 71 anos e fez carreira no teatro e na televisão; causa da morte não foi divulgada

  • Famosos e TV | Do R7

Causa da morte de Paulo Pompeia não foi revelada

Causa da morte de Paulo Pompeia não foi revelada

Reprodução/Instagram

Morreu nesta quarta-feira (30), aos 71 anos, o ator Paulo Pompeia, que quando criança, foi garoto-propaganda dos cigarrinhos de chocolate Pan. A informação foi divulgada pelo Sated (SP) Sindicato dos Artistas e Técnicos de Espetáculos e Diversões Públicas de São Paulo.

"Mais uma notícia muito triste, o nosso amigo, ex-diretor do Sated-SP, ator, diretor Paulo Pompeia faleceu no dia de hoje. Agradecemos a toda a sua contribuição as artes. A ele nosso carinho, respeito e admiração", informou o comunicado. 

O doce, lançado no final da década de 1950, e de embalagem icônica, era uma tira de chocolate em formato de cigarro. Atualmente, os cigarrinhos de chocolate são vendidos como chocolápis, para evitar que as crianças sejam induzidas ao tabagismo.

Paulo Pompeia fez carreira no teatro e na televisão. Integrou o elenco da novela Malhação (1999) e Perigosas Peruas (2002), ambas da TV Globo. A causa da morte não foi revelada. 

Últimas