Pablo Marçal celebra sucesso de 'La Casa Digital': 'Surpreendeu'

Diante da repercussão positiva, empresário vai lançar segunda temporada do reality show, que ensina os pilares do marketing e empreendedorismo digital

Pablo se surpreendeu com repercussão do reality

Pablo se surpreendeu com repercussão do reality

Divulgação

O empresário e influenciador Pablo Marçal é o responsável pela criação do reality show La Casa Digital. O programa reuniu 12 participantes, entre famosos e anônimos, em uma casa, onde eles foram postos à prova nas diversas áreas do empreendedorismo digital. As atividades abordaram desde estratégias para crescimento em mídias sócias até produção de lojas e-commerce.

A grande final aconteceu na última segunda-feira (7) e o sucesso foi tanto que Pablo já programou uma nova série. Em entrevista ao R7, ele comenta a repercussão positiva do reality.

"Surpreendeu pela quantidade de pessoas que acompanharam, que se destravaram digitalmente, fazendo a primeira venda, criando canais no YouTube... As pessoas se posicionaram mudando as suas redes sociais...  E, principalmente, a quantidade de revérbero positivo que deu, pessoas de todo tipo de idade, de crianças a idosos, foi surreal", comemora Pablo.

Para a segunda temporada, o empresário promete surpreender ainda mais os participantes e o público.

Na 1ª temporada, 12 participantes enfrentaram desafios

Na 1ª temporada, 12 participantes enfrentaram desafios

Divulgação

"Vai ser mais disruptiva. Vamos continuar fazendo coisas diferentes, não usamos moldes, porque a internet também é muito disruptiva, o algoritmo muda muito rápido, ou seja, a inteligência da internet é muito veloz", adianta o empresário.

Resultados e o diferencial do programa

A ideia do La Casa Digital surgiu neste período de quarentena. Pablo explica que o nome do reality, inclusive, foi pensado pelo fato de as pessoas estarem em casa.

"Nós apostamos nesse nome, porque as pessoas estão em casa, podem ganhar dinheiro de casa e entrar na casa das outras pessoas sem bater na porta, porque o celular é a porta de entrada. A internet como um todo não precisa de licença para entrar. Através de anúncios, desafios, lives e conteúdos gerados diariamente a gente consegue entrar na casa das pessoas", declara o empresário.

Pablo também avalia os resultados do primeiro La Casa Digital e destaca os reflexos que o programa trouxe para todos os participantes.

"Nesse tipo de desafio, onde as pessoas ficam numa imersão obcecada, elas mudam completamente a mentalidade delas, tanto é que dos 12 participantes, 12 tomaram decisões novas. Os meninos de 28 anos, por exemplo, não voltaram para casa, já tomaram a decisão de se mudar. O motoboy deixou de ser motoboy para mexer com marketing digital... E várias pessoas tomaram suas novas decisões em relação a isso. Então, o resultado da imersão obcecada faz isso", afirma.

"O La Casa Digital é uma virada de chave onde qualquer pessoa que acompanhar e cumprir os desafios vai ter micro resultados. E a grande verdade é que quem tem micro resultado não olha para trás, acredita de fato", completa.

As inscrições para a nova temporada, ainda sem data de estreia, já estão abertas.