Música Com dores intensas, Ludmilla é tratada com morfina em internação

Com dores intensas, Ludmilla é tratada com morfina em internação

Cantora está pielonefrite aguda, espécie de processo inflamatório no rim, com pus nos órgãos excretores desde o último dia 13

  • Música | Helder Maldonado, do R7

Ludmilla precisou tomar morfina para conter dores

Ludmilla precisou tomar morfina para conter dores

Reprodução Instagram

O quadro clínico de Ludmilla continua a inspirar cuidados. Internada no Rio de Janeiro desde o último dia 13 para tratar de uma pielonefrite aguda, espécie de processo inflamatório no rim com pus nos órgãos excretores, a cantora tem sentido dores intensas.

Segundo a assessoria de imprensa da artista, para amenizar os efeitos colaterais da inflamação, a equipe médica teve que recorrer à morfina, um opioide de alto poder analgésico.

Inicialmente, a equipe da artista acreditava que ela seria liberada rapidamente do hospital. Mas os exames que detectaram o problema de saúde impediram que Lud retornasse para casa. Com isso, ela teve até que cancelar a live que realizaria no próximo sábado.

Por enquanto, a cantora segue sem previsão de alta, já que a infecção pode atingir outros órgãos. A assessoria de imprensa disse que ainda não há novas atualizações sobre o estado de saúde da funkeira, que permanece estável.

Últimas