Música Lucas Lucco lança DVD após hiato: 'Reencontrei meu propósito'

Lucas Lucco lança DVD após hiato: 'Reencontrei meu propósito'

'Rolê Diferenciado', divulgado nesta sexta-feira (24), também marca o 1º trabalho do cantor depois do nascimento do filho, Luca

  • Música | Do R7

Lucas Lucco lança álbum depois de dois anos de hiato

Lucas Lucco lança álbum depois de dois anos de hiato

Marcel Bianchi/Divulgação

Lucas Lucco lança, nesta sexta-feira (24), o álbum Rolê Diferenciado. O novo projeto marca o retorno do cantor após uma pausa de dois anos e também o primeiro depois do nascimento do filho, Luca — fruto do relacionamento com a modelo Lorena Carvalho.

Em entrevista ao R7, Lucas Lucco disse que com o DVD "reencontrou o seu propósito". A chegada do primeiro herdeiro também influenciou no trabalho.

"Eu quis usar a vinda do meu primeiro filho pra aprender e ser melhor em todos os âmbitos. Inclusive no meu trabalho musical. Filhos tem o poder de fazer isso com a gente, é um baita combustível", opinou o artista.

As músicas do álbum trazem uma mistura do sertanejo com outros ritmos, uma ideia do próprio cantor, que explicou mais sobre essa musicalidade diferente.

"É algo como um sertanejo de rua. Tem sua essência no sertanejo, violão de nylon e sanfona, mas ela se funde a sonoridades urbanas que trazem muito grave e sons eletrônicos que encontramos no funk, rap, trap, etc."

Leia a entrevista na íntegra

R7: O que representa este retorno pra você, com um novo trabalho, depois de dois anos?
Lucas Lucco: Creio que a partir deste novo trabalho, vou viver os melhores momentos da minha vida profissional. Simplesmente porque eu reencontrei o meu propósito.

R7: Você acha que a paternidade influenciou de alguma maneira neste projeto? Talvez mais maduro...
Lucas: Com toda certeza. Isso porque eu quis usar a vinda do meu primeiro filho pra aprender e ser melhor em todos os âmbitos. Inclusive no meu trabalho musical. Filhos tem o poder de fazer isso com a gente, é um baita combustível!

R7: Você pode explicar melhor sobre a mistura de estilos musicais diferentes? Além do sertanejo, quais gêneros compõem as músicas?
Lucas: Eu sempre acreditei muito na colaboração. Desde o início da minha carreira, acredito que isso me torna um artista mais completo e versátil, como acontece com Maluma, Balvin e outros gringos que conseguem transitar por vários gêneros diferentes mesmo pertencendo ao reggaeton. Apesar da grande influência e essência sertaneja vinda da minha família, principalmente pai e avôs, gosto muito de música urbana. Sei que o sertanejo vem passando por mutações desde que o gênero apareceu lá na década de 20. De lá pra cá mudanças nas letras, muitas influências internacionais e instrumentos diferentes se incorporaram naquilo que começou sendo só viola com no máximo um violão. A musicalidade do Rolê Diferenciado é algo como um sertanejo de rua. Tem sua essência no sertanejo, violão de nylon e sanfona, mas ela se funde a sonoridades urbanas que trazem muito grave e sons eletrônicos que encontramos no funk, rap, trap e etc.

R7: Essa ideia de reunir diversos ritmos foi uma ideia sua? Como surgiu?
Lucas: Sim. Surgiu em 2013 quando fiz meu primeiro feat com o funk através do Mr. Catra na música Princesinha. Depois disso fiz inúmeros feats bem sucedidos com funk, pop e rap de forma muito natural.

R7: Como foi a escolha das participações especiais?
Lucas: As participações tinham que estar de acordo com a proposta do sertanejo de rua. Convidei artistas sertanejos como Marília Mendonça e Diego e Victor Hugo, pagode representado pelo meu mano Dilsinho e artistas do funk como Mc Zaac, Don Juan entre outros…

R7: E as gravações do clipe em meio à pandemia?
Lucas: Gravamos no final do ano passado. Gravar em meio à pandemia gerou muito mais custos, preocupações e dificuldades. Mas graças a Deus conseguimos garantir a segurança dos envolvidos em todo o processo de planejamento e execução desse trabalho.

Últimas