Pop Jovem negro julgado por assassinato luta para limpar o nome no filme "Monster"

Jovem negro julgado por assassinato luta para limpar o nome no filme "Monster"

FILME-MONSTER:Jovem negro julgado por assassinato luta para limpar o nome no filme "Monster"

Reuters - Entretenimento

Por Hanna Rantala

LONDRES (Reuters) - Um jovem negro julgado por assassinato luta para limpar o nome e recuperar a identidade em "Monster", filme que encara de frente temas que impulsionam o movimento Black Lives Matter e ganharam destaque no noticiário nos últimos tempos.

O drama da Netflix acompanha Steve Harmon, estudante de cinema promissor de 17 anos interpretado por Kelvin Harrison Jr. que insiste em se afirmar inocente depois de ser preso por sua suposta participação em um assalto com morte em um mercado do Harlem, em Nova York.

"Ele veio na hora certa e é muito necessário. Não acho que teria tido um impacto mais importante do que terá saindo agora", disse Jennifer Hudson, atriz vencedora do Oscar que vive a mãe do protagonista.

Jeffrey Wright, que vive o pai de Harmon, disse que o filme faz questionamentos sobre temas como o encarceramento em massa de pessoas negras nos Estados Unidos e como a masculinidade negra é percebida tanto por homens negros quanto pela sociedade como um todo.

O filme, que estreou no Festival de Cinema de Sundance de 2018, alterna cenas do passado, nas quais Harmon é visto fazendo filmes, na sala de aula e em casa com a família, e a sala de tribunal onde a acusação o retrata como um monstro.

"É um filme lindo, principalmente porque temos a chance de ver um jovem tentar encontrar seu caminho", disse Harrison sobre o personagem que encarnou. "Monster" será lançado globalmente pela Netflix na sexta-feira.

(Reportagem adicional de Marie-Louise Gumuchian)

Últimas