Led Zeppelin ganha processo por suposto plágio em "Stairway to Heaven"

Por Jonathan Stempel

(Reuters) - Os membros da banda de rock Led Zeppelin persuadiram nesta segunda-feira um tribunal de recursos nos Estados Unidos a reinstituir um veredito do júri de que a banda não roubou o riff de guitarra da abertura de "Stairway to Heaven" de uma canção obscura escrita quatro anos antes.

Em uma decisão com 9 votos a favor e 2 contra, a 9a Corte Circuital de Apelações de San Francisco determinou que a música do vocalista Robert Plant e do guitarrista Jimmy Page de 1971 não plagiou a canção "Taurus", escrita pelo guitarrista Randy Wolfe, da banda Spirit.

"O processo de julgamento e apelação foi uma longa subida pela 'Stairway to Heaven'", escreveu a Juíza Circuital Margaret McKeown em nome da maioria.

Wolfe, que se apresentava como Randy California, se afogou em 1997, mas um administrador de seu patrimônio buscou indenizações que chegariam potencialmente aos milhões de dólares.

"Obviamente, o tribunal errou", afirmou o advogado do administrador, Francis Malofiy, em uma entrevista. "É uma grande derrota para os criadores, cujas leis de direitos intelectuais deveriam proteger". Malofiy afirmou que poderá recorrer à Suprema Corte dos Estados Unidos.

Os advogados do Led Zeppelin não responderam imediatamente a pedidos por comentários.

(Reportagem de Jonathan Stempel)