Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Cinema de Segunda
Publicidade

Copia, mas não faz igual: conheça filmes que são muito parecidos com outros

Em muitos casos é só uma coincidência. Já em outros...

Cinema de Segunda|Lello LopesOpens in new window

Ao assistir a um filme, você já teve a impressão de ter visto aquela história antes? Em muitos casos, é só uma coincidência. Em outros, realmente houve uma bela inspiração. E há também aqueles que copiaram na caruda a história dos outros filmes.

Confira aqui alguns filmes que são mesmo muito parecidos com outros. E decida aí em qual categoria eles se encaixam.

Os Caçadores da Arca Perdida (1981) - O Segredo dos Incas (1954)

'Os Caçadores da Arca Perdida' e 'O Segredo dos Incas' (Divulgação)

Um aventureiro canastrão, com jaqueta de couro marrom e chapéu fedora, desbrava a selva e enfrenta inúmeros perigos em busca de uma relíquia mística. Muito antes de Indiana Jones empunhar o seu chicote, o cinema já tinha visto um personagem com essas características. Em 1954, Charlton Heston interpretou Harry Steele, um guia turístico que parte em busca de um artefato inca no Peru.

Deborah Nadoolman Landis, figurinista de Os Caçadores da Arca Perdida, admitiu que O Segredo dos Incas foi uma das inspirações para a criação do visual de Indiana Jones. Além disso, o filme de Steven Spielberg também reproduz algumas cenas do longa de 1954, como o personagem usando um feixe de luz para revelar um esconderijo.

Publicidade

Nosferatu (1922) - Drácula (1931)

Nosferatu e Drácula (Divulgação)

Uma cópia que foi lançada antes do original. Nosferatu, um clássico do expressionismo alemão dirigido por J.W. Murnau, conta a clássica história de Drácula, de Bram Stoker. Sem os direitos da obra, os produtores mudaram os nomes dos personagens e alguns pequenos detalhes da trama. Mesmo assim, foram processados pelos herdeiros de Stoker e obrigados a destruir o filme. Para a nossa sorte, algumas cópias sobreviveram e podem ser vistas restauradas. Em 1931, Drácula ganhou vida em sua primeira adaptação oficial, em uma performance icônica de Bela Lugosi.

Willy’s Wonderland (2021) - Five Nights at Freddy’s (2023)

Outro caso de cópia lançada antes do original. Willy’s Wonderland tem a mesma premissa da franquia de games Five Nights at Freddy’s: um zelador (já dissemos aqui que essa profissão traz muitos riscos em filmes de terror) de um restaurante temático abandonado é atacado por animatrônicos demoníacos. Para azar dos robôs de Willy’s Wonderland, o zelador é Nicolas Cage, pagando um boleto de um jeito bem divertido. A franquia de games FNAF só chegou aos cinemas dois anos depois.

Publicidade

Jogos Vorazes (2012) - Batalha Real (2000)

'Jogos Vorazes' e 'Batalha Real' (Divulgação)

Suzanne Collins lançou o primeiro livro da trilogia Jogos Vorazes em 2008. Na época, Batalha Real já era um clássico cult japonês, primeiro em livro e depois em mangá e filme. As duas histórias são muito parecidas: um grupo de adolescentes é forçado a lutar entre si até a morte em um programa administrado por um governo totalitário.

A coincidência não passou despercebida em Hollywood. “Sou um grande fã do filme japonês Batalha Real, no qual Jogos Vorazes foi baseado. Bem, Jogos Vorazes simplesmente roubou a ideia. Teria sido incrível ter dirigido Batalha Real”, disse o diretor Quentin Tarantino em uma entrevista em 2022.

Publicidade

Por um Punhado de Dólares (1964) - Yojimbo (1961)

"Yojimbo" and "Fistful of Dollars": Shot-by-Shot Montage from Alejandro Villarreal@Alamo City on Vimeo.

Talvez o caso mais conhecido de cópia do cinema. Fã declarado de Akira Kurosawa, o diretor Sergio Leone praticamente refilmou Yojimbo em Um Punhado de Dólares. A maior mudança, claro, se passa na ambientação: sai o Japão do século 19 e entra a fronteira do México com os EUA. Na trama, um forasteiro chega a uma cidadezinha que sofre com um conflito entre duas gangues rivais. Com muita esperteza, ele vê a chance perfeita para ele arrumar uns trocados e ainda livrar a cidade da ameaça.

Dois filmaços, que hoje são clássicos absolutos do cinema.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.