Flavio Ricco Decisão da Libertadores e Sul-Americana é adiada e vira novela

Decisão da Libertadores e Sul-Americana é adiada e vira novela

  • Flavio Ricco | Do R7

Raphael Veiga do Palmeiras, time campeão da última Libertadores

Raphael Veiga do Palmeiras, time campeão da última Libertadores

Cesar Greco/Palmeiras

Nada ainda sobre a decisão oficial da Conmebol sobre a venda dos direitos de transmissão da Libertadores e da Sul-Americana, período de 2023 a 2026.

Parece que virou novela, com números de capítulos que agora devem chegar ao fim só no próximo dia 13. Salvo novas mudanças.

Portanto, em vez de amanhã, 6, como foi ajustado inicialmente, a decisão final, comunicada no começo da noite aos participantes da concorrência, foi transferida para a outra sexta-feira, 13.

Aos interessados, será mais uma semana de angústia e expectativa.

No comunicado distribuído, a Conmebol diz que nos termos do Parágrafo 8.5 da RFB e dos Estatutos da Conmebol, a entidade informou que o anúncio do Edital de Licitação dos Direitos de Mídia foi adiado.

E que tal transferência “é necessária devido a um conflito de agendamento associado aos membros do Conselho”. O que isso quer dizer não é explicado. Mas, por fim, há um pedido de desculpas pelo transtorno.

Traduzindo tudo, o que se observa é que nos bastidores a coisa está pegando. Existem pressões de todos os lados, e a Conmebol está ciente de que, qualquer que seja a sua decisão, as críticas e pressões serão inevitáveis.

Nunca uma disputa de direitos dessas competições sul-americanas foi cercada de tanto interesse e demorou tanto tempo para ser decidida.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas