Flavio Ricco Maria Casadevall vive falsificadora em nova série internacional   

Maria Casadevall vive falsificadora em nova série internacional   

  • Flavio Ricco | Do R7

Maria Casadevall e Rômulo Arantes Neto nos bastidores da série “Rio Connection”

Maria Casadevall e Rômulo Arantes Neto nos bastidores da série “Rio Connection”

Dan Behr/ Divulgação: Floresta Produções

Loira e de cabelo curto, Maria Casadevall vai aparecer em um dos principais papéis da série “Rio Connection”, parceria Globo e Sony-Floresta, já inteiramente gravada, mas ainda sem data de lançamento.

Lilly, sua personagem, é artista plástica e falsificadora de quadros, que se envolve com os personagens de Raphael Kahn e Rômulo Arantes Neto.

É descrita na trama como uma pessoa livre e de espírito aventureiro.

Casadevall está afastada das novelas desde o trabalho em “I Love Paraisópolis”, de 2015.

De lá para cá, atuou nas séries “Vade Retro”, “Os Dias Eram Assim”, “Ilha de Ferro” e “Coisa Mais Linda” e também marcou presença no cinema, como no recente “Garota da Moto”.

As gravações de "Rio Connection" foram concluídas recentemente em São Paulo.

Uma produção original Globoplay, foi anunciada em 2019 no L.A. Screenings, em Los Angeles, como mais um projeto da parceria entre as empresas para a produção de séries dramáticas na língua inglesa.

Criada, escrita e dirigida por Mauro Lima, vai apresentar a história de criminosos europeus que estabeleceram no Brasil, um ponto estratégico do tráfico de heroína para os Estados Unidos.

Sua ação se passa nos anos 1970, quando autoridades americanas e italianas estavam próximas de capturar três importantes figuras do crime organizado.

Os homens fugiram e acabaram se encontrando no Brasil, onde decidiram juntos tropicalizar a máfia.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas