Reescrever novelas dá mais trabalho que escrever uma inteira 

Cristianne Fridman, autora da Record

Cristianne Fridman, autora da Record

Divulgação

Para os autores de novelas, quase unanimidade, é muito mais fácil desenvolver um novo projeto, sair do zero, do que submetê-lo a um processo de alterações.

Reescrever tudo, pensar tudo de novo, não é tarefa das mais fáceis. São muitos os fatores envolvidos, as situações e amarrações.

Mas foi exatamente isso que aconteceu, tanto na Globo, com “Salve-se Quem Puder” e “Amor de Mãe”, quanto na Record, com “Amor Sem Igual”. Muitas vezes, por causa da pandemia e exigência dos protocolos de segurança, houve a necessidade de refazer o texto até cinco vezes. 

Em março, quando surgiu a ordem de parar tudo, os autores não tinham a mínima noção do que fazer ou para onde correr. Um silêncio complicado.

O retorno às gravações, em agosto, só se tornou possível por causa das muitas mudanças em todos os capítulos somadas às medidas contra a Covid-19.

Daniel Ortiz e Manuela Dias, da Globo, e Cristianne Fridman, da Record, foram desafiados e se saíram muito bem. Devem ser reconhecidos por isso.
E graças a um trabalho em equipe, envolvendo as respectivas áreas de Teledramaturgia, aos poucos a vida das novelas está voltando ao normal.

Júlio Andrade em "Sob Pressão"

Júlio Andrade em "Sob Pressão"

Divulgação

Nova temporada

Globo e Conspiração Filmes preparam para novembro o início de gravações de uma nova temporada da série “Sob Pressão”, para exibição em 2021.

Os trabalhos devem se estender até fevereiro ou março.

Por causa disso

Devido à nova temporada de “Sob Pressão”, Júlio Andrade ainda vai demorar um pouco para mergulhar no projeto sobre a vida do sociólogo Betinho (1935-1997).

As gravações, agora, foram marcadas para junho do ano que vem. 

Segundo tempo

Ainda no decorrer desta semana, um novo encontro irá acontecer entre Band e Dentsu, empresa credenciada pela Conmebol, para negociar a Copa América e outras competições do futebol sul-americano.

Será necessário ajustar a questão de valores – que não são revelados, mas são boas as perspectivas.

Não está fácil

O SBT meio que desmanchou o seu departamento de Criação Visual, ao dispensar os serviços de dois importantes profissionais.

Fabrício Cottini era o gerente, com duas passagens pela casa, somando 12 anos. E Itamar Dorini, coordenador, tinha mais de 20 anos de empresa. Os dois ganharam três prêmios no PromaxBDA, considerado o Oscar do marketing. Foram demitidos.

Nada consta

Mesmo em meio às tantas mudanças, no SBT nada está sendo previsto para o programa do Ratinho.

Vai continuar diário e com a mesma duração. É considerado “peça essencial da grade e possui um indispensável volume de merchandisings”, segundo a sua direção.

Conversas

Uma fonte da CNN confirma conversas com profissionais da concorrência para o seu novo serviço de streaming, o “CNN Brasil+”.

No entanto, Sandra Annenberg, hoje mal aproveitada no “Globo Repórter”, não seria um desses alvos. Pelo menos até aqui, não. Amanhã, ninguém sabe. 

Desinteresse

A CNN Brasil tem realizado sabatinas com candidatos a prefeito de algumas capitais. Já fez em Porto Alegre, Salvador e agora será a vez de Belo Horizonte, mas em diferentes horários da manhã ou tarde.

Audiência muito baixa. As entrevistas são muito regionais.

Palco

“Rainhas”, texto do jornalista Edney Silvestre, tem previsão de montagem para o ano que vem, com produção de Claudio Botelho e direção de Charles Möeller.

A peça vai falar sobre o dia a dia de três atrizes veteranas e uma, jovem, em ascensão.

Maria Eugênia Suconic, a Mareu

Maria Eugênia Suconic, a Mareu

Cleiby Trevisan

#Tbt 

A MTV marcou para 3 de novembro, terça-feira, às 20h30, a estreia do novo spin-off, gravado em estúdio, em São Paulo, respeitando as normas da Organização Mundial da Saúde.

O programa marca o retorno de Maria Eugênia Suconic, a Mareu.

Formato

Em “Adotada #TBT”, Mareu revisitará figurinos, objetos e as famílias que fizeram parte de suas aventuras nas quatro temporadas de “Adotada”, indicado ao Emmy Internacional em 2016.

Serão 10 episódios de uma hora de duração cada.

Agenda

A Globo ainda não anuncia, mas a estreia do próximo “BBB” será em 25 de janeiro. Deve terminar no dia 4 de maio.

Quanto ao lançamento do “The Voice+”, está confirmado para 17 de janeiro.

De um lado...

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de São Paulo notificou a CNN Brasil sobre os tantos casos testados positivos do Covid-19 em sua redação nos últimos dias e a pouca atenção dispensada ao problema.

Em nota, o sindicato afirma que o surto se alastrou porque as pessoas, que estavam em home office foram obrigadas a voltar, sem os devidos cuidados e medidas de proteção, como o distanciamento..

... E de outro

Independentemente desse elevado número de casos, mais de 30 entre jornalistas e radialistas, a semana deve começar agitada na CNN Brasil com o anúncio de outras contratações.

E o registro de uma nova dança de cadeiras.

Bate – Rebate

• Carlinhos Maia gravou participação na nova temporada do programa “Lady Night”

• Já Tirullipa e Tom Cavalcante serão os convidados do “Altas Horas” nesta semana.

• Cátia Fonseca, por sua vez, acertou participação no “The Noite”, do Danilo Gentili. Ficaram de marcar.

• Humberto Martins, na pandemia, escreveu o seu primeiro roteiro de série para internet...

• ... Ele ainda não entra nos maiores detalhes, mas adianta que já está aprovada e deve entrar em produção no começo do ano que vem.

• Nunca uma edição de “A Fazenda” incomodou tanto a Globo como agora...

• ... Medidas estão sendo pensadas no sentido de tentar frear o crescimento do reality show da Record...

• ... Não é das mais confortáveis, por exemplo, a situação do “Que História é Essa, Porchat?”. Pode sobrar.

• A Globo nega, mas existem diferenças bem significativas na edição de “A Força do Querer”...

• ... O trabalho nesses últimos capítulos está mais acelerado. Nada que lembre o começo.

• Nesta segunda, 23h45, tem a estreia do “Arena SBT”, com apresentação de Benjamin Back e a participação do técnico da seleção brasileira, Tite.