Odair Braz Jr Sem Tom Veiga/Louro José, como fica Ana Maria Braga?

Sem Tom Veiga/Louro José, como fica Ana Maria Braga?

Parte integrante do programa da apresentadora, Tom Veiga fazia um complemente perfeito com comentários e diálogos divertidos

  • Odair Braz Jr | Do R7

Ana Maria Braga e seu parceiro de décadas

Ana Maria Braga e seu parceiro de décadas

Reprodução

Até hoje, na TV, nunca houve Ana Maria sem Louro José. A parceria entre os dois pode ser considerada um dos maiores êxitos — ou fenômenos, como queira — da televisão brasileira. Será que Ana Maria conseguirá continuar sem ele(s)?

Bonecos ou fantoches sempre estiveram muito presentes no Brasil. Topo Gigio, o ratinho, deve ser o protagonista dessa tendência. Ele chegou ao país em 1969, quando contracenava com Agildo Ribeiro, e fez um sucesso enorme. De lá para cá, é possível lembrar de vários fantoches/bonecos que se tornaram apresentadores de programas. As mascotes fizeram parte de atrações famosas como Castelo Rá-Tim-Bum, Cocoricó, TV Colosso, Bambalalão, entre muitos outros. Os bonecos estão na nossa TV até hoje com Xaropinho e Tunico, ambos no Ratinho. E, claro, o Louro José, que surgiu na Record TV no fim dos anos 90 e acompanhou Ana Maria em sua ida para a Globo.

Leia mais: AVC foi causa da morte de Tom Veiga

Mas a relação entre Ana e Louro é algo diferente. Primeiro que tem a longevidade dessa parceria, que vem desde 1997. São 23 anos juntos, o que não é pouca coisa na TV.

Nesse tempo todo, Tom Veiga e seu boneco sempre foram parte integrante da atração comandada por Ana Maria. Já houve muita chiadeira e reclamações pelo fato de um boneco ser coapresentador. Normalmente, esse tipo de recurso é muito usado em programas infantis e ver uma apresentadora adulta conversando com um boneco nem sempre é a coisa mais comum de se ver. Mas tudo funcionava surpreendentemente muito bem entre Ana e Louro/Tom Veiga.

Keila: Morte de Tom Veiga traz detalhe devastador

Com um ótimo entrosamento, Louro sempre fez ótimas intervenções, fazia perguntas diferentes e complementava as ideias da apresentadora com comentários divertidos. Tom Veiga, sem dúvida, era muito esperto e dono de sacadas que abrilhantavam o Mais Você.

Com a morte do parceirão de trabalho, imediatamente vem a pergunta: como é que fica a Ana Maria e seu programa agora sem o Louro José? Não dá para negar que vai ficar um vazio durante bastante tempo, até porque Tom é insubstituível no que fazia. Dá para encontrar alguém que imite a voz do papagaio, mas achar uma pessoa com a mesma perspicácia e inteligência de seu criador é impossível, afinal o boneco é o Tom. É bem provável que nem Ana e nem a Globo queiram colocar alguém no lugar de Veiga. Não tem como.

Vai ser um desafio e tanto para Ana Maria daqui para frente. Ela, que já venceu vários, vai dar um jeito de continuar. Mas que Louro e Tom vão fazer falta, não há dúvidas.

Últimas