Famosos e TV Após ataques racistas, Ludmilla volta para redes sociais no Natal

Após ataques racistas, Ludmilla volta para redes sociais no Natal

A artista aproveitou a data ao lado da família para reativar suas contas digitais: 'Essa é a força que me mantém em pé todos os dias'

  • Famosos e TV | Do R7

Resumindo a Notícia

  • Ludmilla deletou suas contas nas redes sociais no último dia 18.
  • A artista disse ser alvo de ataques racistas frequentemente.
  • Ela abriu um processo judicial contra os envolvidos.
  • A cantora reativou as redes nesta véspera de Natal.

Ludmilla voltou às redes sociais na noite desta quinta-feira (24) após ter excluído suas contas do Twitter e do Instagram devido aos ataques racistas que tem recebido.

Ludmilla comemora o Natal ao lado da família

Ludmilla comemora o Natal ao lado da família

Reprodução/Instagram

"Essa é a força que me mantém em pé todos os dias. O ódio do outro, às vezes, me afeta sim. Eu sou humana. Eu me permito não ser forte o tempo todo. Mas, como eu disse, esse ódio não é meu, então eu deixo que ele tome o caminho dele. E aí me lembro o quanto os olhares, os sorrisos e os abraços deles fazem a diferença na minha vida. Obrigada, família!", escreveu Ludmilla em seu Instagram.

"Obrigada a todos que movimentaram as redes sociais me mandando apoio, cada fã, cada artista e, principalmente, cada pessoa preta. Tô de volta. E mais forte. Feliz natal pra vocês! AMOR SEMPRE", completou a funkeira.

Entenda o caso

A artista desativou as suas contas nas plataformas na sexta-feira passada (18) após receber ataques racistas. Ludmilla disse que as mensagens de ódio são frequentes e que ela já estava tomando as medidas legais para resolver os casos.

"E daí pra pior. Vocês não têm noção do que eu passo com essas pessoas. São 24 horas por dia de comentários racistas em todas as minhas postagens, mas eu estou tirando print de tudo porque isso é crime e vai pagar um por um", disse ela no Twitter pouco antes de deletar a conta.

"Se eu deixasse minha @ com um de vocês só por um dia, duvido que vocês aguentariam seguir de cabeça em erguida com tantos comentários racistas que recebo, todo dia... das mesmas pessoas, criminosos escorados no virtual, vivem pra ofender o outro", completou.

Últimas