Famosos e TV Após rejeitar pensão, ex-amante de Jô volta atrás e abre processo contra o jogador

Após rejeitar pensão, ex-amante de Jô volta atrás e abre processo contra o jogador

A defesa de Maiára Quiderolly explicou ao R7 que o atleta não está dando apoio à influenciadora, que está grávida

  • Famosos e TV | Gabrielle Pedro, do R7

Resumindo a Notícia
  • Grávida, Maiára Quiderolly entrou com um processo por alimentos gravídicos contra Jô

  • O benefício está previsto em lei e deve ser pago pelo genitor à gestante

  • Após o nacimento da criança, os alimentos serão convertidos em pensão alimentícia

  • Em julho, a influenciadora chegou a rejeitar o dinheiro

Grávida, Maiára Quiderolly abriu processo contra Jô

Grávida, Maiára Quiderolly abriu processo contra Jô

Fotos de Reprodução/Instagram e Felipe Santos / Ceará SC

Maiára Quiderolly, ex-amante de Jô, abriu um processo contra o jogador de futebol. A influenciadora está grávida do atleta e moveu a ação por alimentos gravídicos, uma espécie de pensão alimentícia paga pelo genitor da criança à gestante para ajudá-la com os custos da gravidez. O processo foi registrado no Tribunal de Justiça de São Paulo, mas uma carta precatória foi enviada ao Tribunal do Ceará, estado onde o futebolista mora atualmente.

Ao R7, a advogada da influenciadora, Lais Malacarne, explicou que ela decidiu procurar a Justiça por "falta de apoio" do atacante.

"Ante a falta de apoio do requerido para com a gestação e tudo aquilo que gira em torno disso — exames, parto, enxoval —, e como a questão tem respaldo em lei, ela prudentemente decidiu pela busca dos direitos de seu filho, já neste momento", informou Lais. "Esclareço que os alimentos gravídicos são previstos em lei, não se trata de aventura jurídica", completou.

Em julho, a influenciadora — que está à espera de João Gabriel, o primeiro filho dela, mas o oitavo do atacante — chegou a rejeitar o benefício.

"Desde a minha barriga eu só quero que ele [o filho, João Gabriel] seja amado e mais nada, e assim vai ser. Eu só vou buscar ajuda quando eu não tiver dando conta. Eu não quero nada de ninguém, a única coisa que eu vou querer do pai do meu filho é que ele coloque o nome, porque é um direito do meu filho. Eu não vou querer pensão, ainda não tá nada assinado, mas eu não quero pensão. Eu, Maiára, renunciei. Eu renuncio à pensão do meu filho", disse ela, na época, nas redes sociais. Entretanto, a ex-amante do jogador decidiu voltar atrás na decisão. 

A advogada explicou ainda que, após o nascimento da criança, os alimentos gravídicos serão convertidos em pensão alimentícia.

A modelo está afastada das redes sociais desde o dia 23 de agosto. Ela parou de compartilhar conteúdos no Instagram, excluiu os comentários da última publicação e disse estar enfrentando um "momento delicado".

Questionada pela reportagem, a defesa de Maiára não soube dizer o que motivou a ausência dela da web.

Ameaças, brigas com a família e mudança de casa: ex-amante de Jô vive gestação conturbada

Últimas