Famosos e TV Gabi Brandt vai abrir processo após ser acusada de defender Saulo Poncio em caso de suposto estupro

Gabi Brandt vai abrir processo após ser acusada de defender Saulo Poncio em caso de suposto estupro

Laura Araujo afirma que foi abusada sexualmente pelo ex-cantor e disse que a influenciadora apoia o ex-marido

  • Famosos e TV | Do R7

Resumindo a Notícia
  • Gabi Brandt vai processar influenciadora que a acusou de defender Saulo Poncio.

  • Laura Araujo afirma ter sido estuprada pelo ex-cantor.

  • Ela falou que Gabi pagou o advogado para uma mulher testemunhar a favor do ex-marido.

  • Brandt negou essa fala e disse que irá entrar na Justiça contra Laura.

Gabi Brandt vai processar Laura Araujo, que a acusou de ajudar Saulo Poncio em processo

Gabi Brandt vai processar Laura Araujo, que a acusou de ajudar Saulo Poncio em processo

Reprodução/Instagram

Gabi Brandt se pronunciou após ser acusada de apoiar Saulo Poncio em meio a acusação de estupro que o ex-marido sofre. Na tarde deste sábado (17), a influenciadora disse que vai entrar com um processo contra Laura Araujo, que afirma ter sido abusada sexualmente pelo ex-cantor, pois ela disse que Gabi defende o pai dos três filhos e teria pagado o advogado para uma mulher testemunhar a favor de Saulo.

"Não sou de resolver as coisas por aqui e acho que vocês já perceberam. Inclusive, já fui muito prejudicada por isso. Mas as pessoas acreditam no que elas querem, independente de pronunciamento, como já neguei coisas aqui e até hoje não acreditam em mim, então entendi que não adianta. Partindo desse princípio, no momento, só posso dizer que obviamente tomarei as providências judiciais cíveis e criminais cabíveis para que essa história seja resolvida no lugar certo", disse Gabi por meio de uma publicação nas redes sociais.

• Compartilhe esta notícia no WhatsApp
• Compartilhe esta notícia no Telegram

O pronunciamento da influenciadora veio após Laura acusá-la de ajudar na defesa de Saulo. A suposta vítima disse que a ex-mulher do influenciador pagou para uma mulher para testemunhar a favor dele e dizer que a denúncia foi inventada.

Laura disse que era amiga dessa testemunha e que contou do suposto abuso sofrido para ela, que teria ido procurar Gabi Brandt afirmando ter provas de que Laura estava mentindo.

"A mulher [Gabi Brandt] para o advogado dela. E vocês achando que a mulher é coitada, é vítima da história. Ela não é, está com ele, está do lado dele, está passando pano para ele", disse.

Quando a acusação de Laura contra Saulo veio a público, em julho do ano passado, Gabi já havia se pronunciado. Na época, ela disse que não tinha mais relações com o pai dos filhos e que soube do caso somente pelas redes sociais.

"Em relação os últimos acontecimentos (que também fiquei sabendo através das redes sociais), gostaria de dizer que esse será meu único pronunciamento. Eu não tenho mais absolutamente nada a ver com a vida pessoal do Saulo, nossa relação é única e exclusiva de pai e mãe de 2 meninos. Entendo que esse tipo de situação deve ser resolvida na Justiça, e é o que espero que aconteça", falou.

A acusação

A acusação de Laura Araujo contra Saulo veio à tona em outubro do ano passado. Ela diz que foi estuprada pelo ex de Gabi Brandt em 2020. Na época, ela registrou um boletim de ocorrência contra o influenciador e passou por um exame de perícia.

De acordo com o depoimento de Laura à polícia, ela já conhecia Saulo e estava na mesma festa que ele. O influenciador teria supostamente puxado a jovem, que na época tinha 18 anos, pelo braço e a levado para um cômodo da casa em que estavam, onde teria acontecido o suposto estupro.

Além de Saulo, família Poncio acumula polêmicas que vão de traição a sonegação de impostos

Últimas