Famosos e TV Influenciadora que acusou Virginia de 'marketing sujo' tem conta derrubada no Instagram

Influenciadora que acusou Virginia de 'marketing sujo' tem conta derrubada no Instagram

Gabi Freitas criticou a nova base da mulher de Zé Felipe e disse que ela mentiu sobre a qualidade do produto

  • Famosos e TV | Do R7

Resumindo a Notícia
  • Gabi Freitas, influenciadora que criticou a nova base de Virginia, teve a conta banida do Instagram.

  • Ela disse que Virginia mentiu ao explicar que o preço do produto é por ele ser uma 'dermomake'.

  • 'Ela não está registrada como grau 1 de tratamento na Anvisa. Ela não é dermomake', disse.

  • A influenciadora ainda afirmou que o termo inventado por Virginia é um 'marketing sujo'.

Gabi Freitas tem conta banida do Instagram após falar mal da base de Virginia

Gabi Freitas tem conta banida do Instagram após falar mal da base de Virginia

Reprodução/Instagram

Gabi Freitas, influenciadora que acusou Virginia de propaganda enganosa sobre a nova base dela, da WePink, teve a conta do Instagram banida. Ela disse que a mulher de Zé Felipe mentiu quando argumentou que o preço alto do produto se deve por ele ser uma "dermomake" e afirmou que esse termo nem existe.

"Eu, como uma pessoa que estudou sobre pele durante cinco anos e me formei, sobre a base da Virginia: Ela não está registrada como grau 1 de tratamento na Anvisa. Ela não é 'dermomake'", começou nos Stories.

Ela explicou que os produtos são classificados como grau 1 quando não apresentam um grau de fotoproteção alta. "São denominados produtos básicos, que não precisam de teste para gerar eficácia, pois não prometem tratamento. São considerados básicos, para embelezamento, cheiro e beleza", explicou.

A influenciadora disse que o termo inventado por Virginia é um "marketing sujo", mas que compra a base quem quer, assim como qualquer produto no mercado.

Poucas horas após ter criticado o produto, Gabi teve a conta do Instagram excluída. "Gente, por favor, parem, ela já teve até a conta banida", escreveu uma internauta. "Se ela não queria hate, era só ela não ter postado", respondeu outra.

Os internautas detonaram Virginia pelo fato de a base custar R$ 200, e ela rebateu as críticas dizendo que a qualidade era de produto importado: "Nossa base não é só make, é uma dermomake. Hoje você pode não se importar com sua pele, mas no futuro… Nossa base cuida da pele, e isso é um diferencial".

Procurada pelo R7, a assessoria da WePink prometeu uma nota de esclarecimento sobre a qualidade do produto em breve.

Últimas