Famosos e TV Jessie J relembra perda do bebê: 'Só precisava chorar e soluçar'

Jessie J relembra perda do bebê: 'Só precisava chorar e soluçar'

A cantora fez um show horas de sofrer um aborto espontâneo, mas explicou que essa foi uma reação precipitada de sua parte

Jessie J

Jessie J

Reprodução/Instagram

Jessie J disse em seu perfil no Instagram, nesta quinta-feira (9), que está vivendo um período muito difícil desde que descobriu a perda de seu bebê, há duas semanas. Em um longo texto, ela afirmou que se sentiu sozinha e que teve vontade de chorar várias vezes, mas que se deixou levar pelo "o show tem que continuar".

"Publiquei sobre a perda do meu bebê poucas horas depois que me contaram. Reagi em modo de trabalho. É seguro dizer que às vezes coloco mais energia na criação de um processo doentio de minha própria dor na frente de uma câmera, do que reconhecendo atrás de uma em tempo real. A mentalidade de 'o show deve continuar' reagiu antes que o humano em mim o fizesse", disse.

A cantora admitiu precisar de amparo para lidar com a dor e não ter subido logo em um palco como fez. "A verdade é que eu só precisava chorar, cair nos braços de alguém e soluçar. Mas na hora eu estava sozinha. Eu não havia processado nada. Nem tinha ideia do que estava prestes a passar não apenas emocionalmente, mas fisicamente depois desse show."

"Agora realmente entendo porque as mulheres falam com tanta frequência sobre o desejo e a necessidade de aborto para ser mais faladas abertamente", disse ela sobre a necessidade de aconselhamento às mulheres vítimas de aborto espontâneo.

A artista ainda prestou apoio quem está passando pelo mesmo que ela. "Lamento se você já passou por isso sozinha ou não, ou se está passando por isso agora, em qualquer fase da gravidez. Perder seu bebê é uma das piores sensações do mundo. Eu sofro por você. Se eu pudesse, eu levaria comida para você, seguraria você durante a dor física, eu sei que é necessário mais do que um texto "mantenha-se forte" agora. Acho que estou aqui para dizer a qualquer pessoa que não tenha ouvido isso, você pode ser quebrado. Você tem permissão para chorar. Permitido ser fraco. Deixou-se ficar exausto pela dor e pelo sangramento e pela dor que mal tem espaço para existir. Você tem permissão para fazer isso da maneira que você precisar. Às vezes, a vida apenas nos chama para sermos humanos", concluiu.

Veja a publicação:

Últimas