Melhor Não Ler “A sua opinião não é importante para nós!”

“A sua opinião não é importante para nós!”

Liberadas novas normas de telemarketing para o não atendimento exclusivamente voltado a pessoas politicamente incorretas

’Prezade’, a sua opinião não é importante para nós

’Prezade’, a sua opinião não é importante para nós

Pexels

A partir do próximo dia útil novas regras serão implementadas em todas as centrais de telemarketing do país. Os atendentes foram submetidos a uma lavagem cerebral, ou melhor, a um treinamento que lhes conferiu o conhecimento necessário para avaliar os mais profundos pensamentos dos clientes e lhes oferecer o devido tratamento.

Sobre isso, José Gerundino, presidente do SindiSACO, Sindicato dos Sistemas de Atendimento ao Cliente Oprimido, declarou: “O intuito é a gente estarmos acabando com todo preconceito sistêmico e com os vieses inconscientes. Além de estarmos protegendo nossos atendentes de falas carregadas de palavras possam estar indo contra seus ouvidos sensíveis já tão explorados por nós mesmos e que deixam qualquer ser humano doente dos nervos”.

Segundo Gerundino, todos os atendimentos começarão com uma pesquisa prévia que transferirá cada cliente para a área mais apropriada. “Um atendente virtual com voz robótica, e que não estará dando margem a nenhum tipo de identificação de gênero, estará guiando a ‘todes’ durante as ligações”, explica o presidente, já fazendo uso do dialeto não-binário obrigatoriamente imposto em todos os atendimentos.

Inicialmente haverá três opções que deverão ser digitadas pelos clientes: “Tecle 1 para homem branco patriarca opressor; 2 para mulher branca que nunca soube o que é ser negra ou 3 para pessoa livre de qualquer rótulo imposto pela sociedade”. Aqueles que escolherem a opção 3 serão atendidos imediatamente, mas os que digitarem 1 ou 2 ouvirão a seguinte mensagem:

“’Prezade’, a sua opinião não é importante para nós, a menos que se disponha a estar permanecendo em linha e estar se submetendo ao nosso TRPP – Treinamento Redentor Politicamente Correto. Escolha a opção que melhor descreve a sua existência abjeta: 1: homofóbico; 2: transfóbico; 3: gordofóbico; 4: pedofilofóbico; 5: racista; 6: fascista; 7: machista; 8: misógino; 9: capitalista; ou tecle zero para preconceituoso em geral.”

Esta crônica é uma ficção, mas poderia não ser...

Últimas