As coisas estão melhorando, MAS tudo pode piorar

Inspirados pelo jornalismo mi-mi-militante, criamos sugestões de matérias para que os redatores tenham menos trabalho ainda

Leite está mais caro que a gasolina

Leite está mais caro que a gasolina

Freepik

A matéria que nos inspirou para o texto de hoje foi: “Preço do litro do leite cai, MAS ainda continua mais caro que o da gasolina”. Aqui vão as sugestões para as próximas matérias cujo objetivo é criar um problema para cada solução. Bora!

“Gasolina brasileira é uma das mais baratas do mundo, MAS nem todo brasileiro tem carro.” Lembre-se que é preciso achar um único problema, sem mencionar as demais melhorias.

“Número de desempregados é o menor desde 2016, MAS pleno emprego prejudica o mercado”. Essa sugestão está dentro das quatro linhas de um jogo onde não existem regras.

“Impostos caem, MAS reforma tributária não acontece”. Esta sugestão só requer ignorar completamente que reforma tributária no Brasil seria justamente para diminuir impostos, o que já foi feito com 11 alíquotas, mas quem se importa? Ignorar as coisas boas é uma arte!

“Governo entrega obras, MAS parte delas foi iniciada em administrações anteriores”. Esta necessita de uma boa dose de cara de pau, já que a imprensa sempre reclamou (com razão) do abandono de obras iniciadas por governos anteriores. Mas como ser cara de pau não é problema... tá valendo!

“Preço da cesta básica cai em várias capitais, MAS ainda não dá para comprar com R$ 64 como em 1994”. Usar datas convenientes para ocultar qualquer possível melhora é uma estratégia infalível.

Com essa modesta contribuição, esperamos ter ajudado!

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas