Famosos e TV À venda, casa de Armie Hammer desvaloriza 86% após escândalo

À venda, casa de Armie Hammer desvaloriza 86% após escândalo

Ator está sendo acusado de canibalismo depois que supostas mensagens enviadas por ele vazaram nas redes sociais

  • Famosos e TV | Do R7

Resumindo a Notícia

  • Armie Hammer teve o preço de sua casa desvalorizado
  • De R$ 30 milhões, a casa está sendo oferecida por R$ 4,2 milhões
  • Ator está sendo acusado de canibalismo nas redes sociais
  • Ele também teve que sair de um filme que faria com J.Lo
Casa de Armie Hammer está custando muito menos do que o valor original

Casa de Armie Hammer está custando muito menos do que o valor original

Montagem R7/Reprodução Instagram/Divulgação Realtor

Os efeitos do escândalo envolvendo Armie Hammer já são sentidos pelo ator. Acusado de canibalismo, o astro teve que sair de um projeto ao lado de Jennifer Lopez e agora vê sua casa, que está à venda em Los Angeles (EUA), ser desvalorizada no mercado imobiliário.

De acordo com o New York Post, a mansão foi anunciada para venda em setembro de 2020, após a separação de Hammer e Elizabeth Chambers. Na época, o preço pedido era de cerca de R$ 30 milhões (US$ 5,8 milhões).

Em dezembro, a residência passou a ser oferecida por cerca de R$ 26 milhões (US$ 4,99 milhões). Após o escândalo recente, o preço teria caído para R$ 4,2 milhões (US$ 800 mil), uma queda de aproximadamente 86%. 

A casa conta com sete quartos, seis banheiros, uma suíte master com sauna, uma biblioteca, piscina, cascata e mais uma sauna na área externa. O ex-casal se mudou para a casa em janeiro de 2019.

Entenda o caso envolvendo o ator 

A polêmica começou quando supostas mensagens do ator vazaram na internet, na qual ele assume ser "100% canibal". Os prints de uma conversa que ele teria tido com outra mulher mostram Hammer dizendo que já arrancou o coração de um animal e comeu o órgão enquanto ainda quente. 

Em outra parte da suposta conversa, o ator diz que quer o sangue da pessoa com quem está falando e cita estupro: "Você foi a versão mais intensa e violenta que já tive. Te estuprar no chão com uma faca contra você, qualquer outra coisa parecia entediante". 

Courtney Vucekovich, ex de Hammer, falou ao Page Six sobre sua relação com o ator e comentou sobre o escândalo: "Ele me disse que queria quebrar minha costela, fazer um churrasco e comer. Foi muito estranho, mas você não pensa naquilo de novo. Ele dizia 'queria arrancar um pedaço seu'. Se eu tivesse um corte na minha mão, ele lambia".

Ao TMZ, o ator disse que não iria falar sobre as acusações: "Não estou respondendo a essas declarações porque são besteiras. Mas, por conta desses ataques perversos que tenho recebido, não posso, em sã consciência agora, deixar meus filhos por 4 meses para rodar um filme na República Dominicana", disse ele ao justificar o motivo para deixar o filme Shotgun Wedding, com J.Lo.

Últimas