Famosos e TV Influenciadora que acusou Saulo Poncio de agredi-la comemora suposta prisão: 'É só o começo'

Influenciadora que acusou Saulo Poncio de agredi-la comemora suposta prisão: 'É só o começo'

Segundo alguns veículos, o cantor teria sido preso sob a acusação de furto, nos Estados Unidos, pagou fiança e foi liberado; o R7 tentou contato com o artista, mas não houve retorno

  • Famosos e TV | Do R7

Brenda Monique e Saulo Poncio

Brenda Monique e Saulo Poncio

Reprodução/Instagram

A influenciadora Brenda Monique, que acusou Saulo Poncio de agredi-la durante um show no Rio, no ano passado, celebrou, nesta quinta-feira (17), a suposta prisão do cantor nos Estados Unidos.

"Só por isso? Deus é justo! E tenho certeza que é só o começo! São 17 vítimas em relatos de abuso e estupro", escreveu ela, no Instagram. Segundo alguns veículos, Saulo teria sido preso sob a acusação de furto, pagou fiança e foi solto.

O R7 tentou contato com o próprio cantor, com a assessoria dele, com o pai, Marcio Poncio, e também com a polícia americana, mas não houve retorno até o momento. Ninguém da família se manifestou nas redes sociais. O espaço segue aberto. Caso haja alguma manifestação, o texto será atualizado.

Relembre a acusação de agressão

Na época, Brenda disse que estava se divertindo em um show de Mumuzinho, no Rio de Janeiro, quando foi agredida por Saulo Poncio. Ela conta que estava com um celular na mão, e o cantor veio em sua direção, com muita raiva, lhe dando uma ombrada, na sequência.

"Meu celular até voou e eu tive que segurar. Eu fiquei muio assustada. Foi uma 'porradona', eu não estava esperando", relatou.

Clique aqui e receba as notícias do R7 Entretenimento no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

Brenda revelou ainda que essa não foi a primeira agressão de Saulo. "A primeira vez que presenciei a maior covardia que ele fez com a Letícia foi quando ele chamou uma mulher para agredir verbalmente e fisicamente na saída da igreja. Eu estava com a Letícia, levei ela para a minha casa, onde ela ficou comigo por mais de uma semana."

Últimas