Vanderson é intimado a depor e deixa BBB após acusação de estupro

Participante do Big Brother Brasil foi denunciado por três mulheres em Rio Branco, no Acre, sua cidade natal

Saída de candidato da casa resulta na sua desclassificação do reality

Saída de candidato da casa resulta na sua desclassificação do reality

Reprodução/TV Globo

Intimado a depor após acusação de estupro, o biólogo e coordenador educacional indígena Vanderson, de 35 anos, deixou do BBB 19 nesta quarta-feira (23). Segundo informações da TV Globo, que promove o programa, a saída de um candidato da casa resulta na desclassificação do reality show.

O participante foi denunciado por três mulheres de sua cidade natal,  Rio Branco (Acre), acusado de estupro, agressão física e importunação ofensiva ao pudor.

BBB: Que fim levaram todos os campeões do reality show?

A titular da DEAM (Delegacia de Atendimento à Mulher) de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro,  Rita Salim, esteve na manhã desta quarta nos estúdios da TV Globo para intimar o biólogo. Ele deve prestar depoimento em inquérito instaurado após as denúncias.

A emissora disse ainda, em nota, que ele não será substituído e o programa seguirá com 15 participantes.

Veja a íntegra do comunicado.

"A delegada Rita Salim, titular da Delegacia de Atendimento à Mulher de Jacarepaguá (DEAM), no Rio de Janeiro, esteve na manhã desta quarta-feira, dia 23, nos Estúdios da Globo, e intimou o biólogo e coordenador educacional indígena, Vanderson, de 35 anos, a prestar depoimento em inquérito instaurado após denúncias feitas contra o participante. A saída de um candidato da casa resulta na sua desclassificação do BBB19. Vanderson não será substituído e o programa seguirá com 15 participantes. O apresentador Tiago Leifert anunciará a decisão na edição desta noite."