Erasmo Carlos lamenta morte de Renato Barros: 'Meu rock está triste'

Considerado um dos pioneiros do rock brasileiro, líder da banda Renato e Seus Blue Caps morreu aos 76 anos, nesta terça-feira (28)

Erasmo canta ao lado do amigo Renato Barros

Erasmo canta ao lado do amigo Renato Barros

Reprodução/YouTube

Renato Barros, integrante e líder da banda Renato e Seus Blue Caps, morreu aos 76 anos nesta terça-feira (28).

O cantor estava internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) desde o último dia 17, quando foi levado à pressas ao hospital no Rio de Janeiro. Renato passou por uma cirurgia cardíaca de mais de sete horas e, desde então, vinha sendo monitorado, porém, não resistiu.

Amigos, fãs e famosos lamentaram a morte do pioneiro do rock nas redes sociais. Erasmo Carlos postou um vídeo cantando ao lado do colega de profissão. "Toque direito aí no céu, viu meu amigo Renato Barros...Tenho orgulho de ter sido um Blue Cap em 1962... Meu rock´n’roll está triste", escreveu o Tremendão.

Sucesso

Renato Cosme Vieira de Barros nasceu no Rio de Janeiro, no dia 27 de setembro de 1943. Ele era cantor, compositor, produtor e guitrarrista. Em 1959, formou a banda Renato e Seus Blue Caps junto com os irmãos César, Paulo e Edinho.

No início de março deste ano, Renato e Seus Blue Caps esteve no Recife para duas apresentações em celebração aos 60 anos da banda. Das bandas da era do iê-iê-iê, o grupo musical foi um dos mais famosos e campeão em venda de discos.

Renato Barros foi casado com Lúcia Helena Dias Ribeiro, que morreu em 2006. Da união, nasceram as filhas, Renata e Erika. O músico também deixa duas netas, Juliana e Fernanda.