Conheça os músicos selecionados no segundo Produtor Crystal

Quadro no Trilha de Sexta é a chance de mostrar o seu talento; veja como é fácil participar e mande o seu vídeo!

undefined

undefined

R7


Na sexta (4) vai ao ar o segundo episódio de Trilha de Sexta, a partir das 19h, no canal da Record TV no YouTube e no Portal R7.

Como todo happy hour que se preze, não pode faltar cerveja gelada, papo de bar e aquela música boa, o garçon Orestes serve Crystal trincando, enquanto os convidados se revezam entre um bate-papo e o palco. 

E ainda tem o quadro Produtor Crystal, que é o momento dos artistas independentes brilharem no Trilha de Sexta. Para participar, é só se inscrever no R7.com/produtorcrystal, preenchendo todos os campos e enviar o seu vídeo. Os materiais recebidos serão avaliados e os escolhidos aparecerão no Trilha de Sexta. Veja quem são os selecionados do segundo Produtor Crystal.

 

Lívia Mendes - @livimendes

undefined

Natural de Belém do Pará, a cantora e compositora une pop, folk e música brasileira, misturando a ternura de sua voz à ironia romântica e ativista de suas letras. Residindo atualmente em São Paulo, já possui um EP e, lançado no ano passado, seu primeiro álbum. Lívia reúne composições que atrelam existencialismo, liberdade, romance e ativismo feminista.

Ao longo de seus cinco anos de carreira autoral, Lívia participou inúmeros de programas de rádio e TV em Belém, além de ser uma das artistas de destaque do programa Sons do Pará da TV Liberal, afiliada local da Rede Globo, com sua canção “Cor de Rosa”. Sempre se apresentando em eventos, shows independentes e festivais da cidade, foi a cantora convidada para a abertura dos artistas nacionais Phill Veras, Anavitória, Vanguart, Ana Muller, Tiê e 5 a Seco. Unindo a experiência de gerir a própria carreira na cena independente, Lívia também atuava como produtora cultural na realização de projetos que movimentam o cenário musical belenense. A artista é a idealizadora dos projetos Quarta Autoral, Coletivo Empodera! e The Folking Night. Atualmente reside em São Paulo, onde já se apresentou em lugares renomados como Bar Brahma e Teatro Bruta Flor. Lívia tem 1 ep homônimo lançado em 2016, que conta com os sucessos Bom Conselho, Café quentinho e mais 5 músicas, somando mais de 60mil plays no Spotify, possui 1 disco de 10 faixas chamado Passarinhar lançado em 2019 e seu último lançamento foi o single Cidade Cinza, produzido pelo guitarrista e produtor Sapulha Campos da Plutão Já Foi Planeta e que conta com mais de 11 mil plays nas plataformas digitais atualmente. 

Philipo Hebrom - @philipohebrom

Philipo Hebrom é um músico, cantor e compositor da cena alternativa paulistana. Nascido em Maceió-AL, migrou aos três anos de idade com seus pais para Guarulhos-SP. Ainda na infância, iniciou sua jornada musical tocando percussão com seu pai.

Passeou por estilos musicais como o Rap e o Reggae, onde começou a compor canções de cunho social, feitas com samples e batidas pelo produtor Lucas Latorre. Mas foi aos 23 anos que ele se encontrou realmente, quando lembrou de um violão velho que era de seu pai, então começou a compor canções sobre amor, experiências de vida e fé. Hoje, Hebrom propaga seu álbum “Vida é dança”, onde a maior característica é a voz e o violão, com muita influência Folk, Blues, Country e música brasileira, com aquela pitada de Nordeste, deixando assim seu som como uma espécie de Country Freak (um nome carinhoso dado pelo próprio cantor). Com muito entusiasmo o cantor tem buscado percorrer seu estado (São Paulo) e cidades Brasil a fora, como Varginha (Sul de Minas), São Gonçalo-RJ e Nova Iguaçu-RJ, levando seu trabalho e estilo de vida, espalhando por onde passa boas doses de amor, acreditando que isso é a cura. 

Léo Vieira - @leovieira.folk

undefined

Léo Vieira é cantor e compositor de folk brasileiro, natural de Blumenau (SC). Em 2016, iniciou a carreira profissional lançando o primeiro EP, desde então se apresentou em cidades de Santa Catarina, Paraná e São Paulo. Juntamente com os novos expoentes do folk em São Paulo, participou de eventos com músicos como Zé Geraldo, Duca Leindecker (Cidadão Quem) e Fernando Anitelli (O Teatro Mágico). Fez participações especiais em shows de Sérgio Reis em Santa Catarina, artista que ser tornou amigo e conselheiro de Vieira e com quem divide um duo na canção Cata Versos (2018). Influenciado pelo rock rural dos anos setenta, faz o pop flertar com a linguagem simples do interior, contrapondo a sua vivência urbana com os vales e montanhas de mata densa, referências de onde cresceu. Determinado, o young folk segue incansável emocionando as pessoas através de suas canções de estrada; cantando o amor e a vida, partilha e solidão, viagem e café da manhã.

Machado de Einstein - @machado_de_einstein

undefined

Machado de Einstein é um projeto musical, autoral e independente de rock, formado em 2016, no Balneário Camboriú - SC. Com letras em português e inglês, o objetivo da banda é abordar temas sociais atuais e filosóficos através das músicas com energia e peso. O nome Machado de Einstein foi inspirado nos nomes Machado de Assis e Albert Einstein, a fusão entre o lúdico e o científico.

Trinca de Áries - @trincadearies

Trinca de Áries é uma banda Folk que traz sincronicidade entre a música e poesia. Formada por três arianos: Danilo Carnevalli, cantor, compositor e violonista, Mayara Franco, cantora e violinista e Guilherme Favaro, cantor e instrumentista, o grupo está junto há quase três anos e já lançaram o seu primeiro single “Pode Ser” que fala sobre aceitarmos como somos. As letras vêm acompanhadas de melodias simples e acústicas com influências que perpassam tanto o Folk country de Johnny Cash e Bob Dylan quanto a MPB de Zé Ramalho, Zeca Baleiro e Zé Geraldo. Somando-se a isso se revelam arranjos carregados com o lirismo de um violino trazendo consigo um elemento sonoramente lúdico e erudito ao mesmo tempo.