Música Taylor Swift faz carta aberta e elogia fãs brasileiros: 'Elevaram as minhas expectativas'

Taylor Swift faz carta aberta e elogia fãs brasileiros: 'Elevaram as minhas expectativas'

Passagem da cantora americana com a sua turnê pelo país foi um pouco difícil; no Rio, houve falta de organização antes e durante os shows e a morte de uma fã

  • Música | Do R7

Taylor Swift abraça fã em show no Allianz Parque

Taylor Swift abraça fã em show no Allianz Parque

Reprodução/Instagram

Após finalizar a sua turnê no Brasil, a cantora americana Taylor Swift publicou, nesta terça-feira (28), uma carta aberta na qual faz elogios aos fãs locais. No texto, ela classifica o público brasileiro como "mágico", mas não cita a morte de uma swiftie — assim são chamados os seus fãs — durante o primeiro show, realizado no Rio.

"Trazer a nossa turnê ao Brasil é algo que sonhei por anos e esses fãs elevaram as minhas expectativas. Encerramos oficialmente a The Eras Tour de 2023 e a finalizamos com seis shows no Rio e São Paulo, com as plateias mais mágicas", escreveu ela.

"Estou muito grata a minha família de turnê, minha banda, minha equipe e dançarinos por tudo o que eles fizeram por esse show ao longo do ano. Para as pessoas que vieram assistir a ele, vocês são aqueles que fazem os estádios serem tão vivos, elétricos e inesquecíveis para mim. Só me sinto realmente muito orgulhosa e emocionada por aquilo de que pude fazer parte. Vejo vocês em 2024."

Taylor Swift quebrou o recorde de público registrado para grandes shows na arena do Palmeiras. Foram mais de 50 mil pessoas presentes na primeira apresentação de sua turnê na capital paulista.

O tamanho da fila para o primeiro show da artista em São Paulo chegou a quase 2 km de distância da entrada do Allianz Parque, segundo informações do jornalista Eduardo Reis à reportagem.

Clique aqui e receba as notícias do R7 Entretenimento no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

A passagem de Taylor Swift com a sua turnê pelo país foi um pouco difícil: nas três primeiras apresentações, realizadas no Rio, houve falta de organização antes e durante os shows, adiamento de uma das apresentações, brigas entre fãs acampados do lado de fora do estádio e registro de assaltos e arrastões no entorno, além da morte de Ana Clara Benevides, fã brasileira da artista, vítima de uma hemorragia pulmonar. A polícia investiga ainda se a morte tem relação com o calor extremo e a falta de distribuição de água no local.

Fãs de Taylor Swift encaram chuva e horas de fila para o primeiro show em SP

Últimas