Escritora best-seller revela como se libertou de trauma de abuso

Autora de "Os Monólogos da Vagina" escreve sob o ponto de vista de seu pai - que a abusou na infância

Autora best-seller revela pelo que passou

Autora best-seller revela pelo que passou

Divulgação

De acordo com a pesquisa Datafolha de 2019, encomendada pela ONG Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), 22 milhões (37,1%) de brasileiras  passaram por algum tipo de assédio. Dessas, 76,4% foram abusadas por pessoas próximas ou parentes.  Além disso, dados do Anuário de Segurança  Pública 2019, no Brasil, mostram que a cada 4 horas, uma menina é estuprada por seu pai, padrasto, tio, primo ou vizinho.

Este foi o caso também de Eve Ensler, escritora, dramaturga e ativista feminista norte-americana, que foi abusada por seu pai dos 5 aos 10 anos de  idade. Eve passou as últimas duas décadas em viagens pelo mundo denunciando homens por abusos sexuais e violência contra mulheres. Mundialmente  conhecida pela obra "Os Monólogos da Vagina", decidiu dar voz a seu pai em seu novo livro "O Pedido de Desculpas".

Por meio de um texto sucinto e revelador, em uma carta franca, cujo narrador é seu próprio algoz, a autora traz um olhar libertador sobre o tema do abuso  feminino, seja ele de ordem sexual, moral ou material. Eve ainda mostra, de forma original e comovente, como, pelas feridas criadas na infância, podemos  ressurgir e nos reinventar.

“Se você, mulher, fosse vítima de violência sexual e pudesse ‘acertar as contas’ com seu abusador, o que diria a ele? E o que esperaria obter de resposta? Como podemos deixar a humilhação de lado e encontrar a libertação tão necessária para que tenhamos uma vida mais plena após tanta violência e abusos? ”.  É por meio de perguntas como essas que Eve constrói a narrativa de sua obra que, mais do que um acerto de contas, é uma maneira de compreender, dialogar com o ser humano poder se libertar do passado.

Escritora best-seller publicada em 48 idiomas e dramaturga com peças interpretadas em mais de 140 países, Eve foi escolhida uma das “150 Mulheres que Mudaram o Mundo”, pela revista norte-americana "Newsweek" e uma das “100 Mulheres Mais Influentes”, segundo o jornal britânico "The Guardian". Seu trabalho como ativista contra a violência de gênero ganha mais um capítulo com este livro, para que outras mulheres, vítimas de quaisquer tipos de abusos, possam se libertar do mal que sofreram de forma definitiva.

"O Pedido de Desculpas"
Tradução de Gilson César Cardoso de Sousa
128 páginas
R$ 32,90
Editora Cultrix