Uma viagem pelo mundo dos livros

O livro é uma verdadeira viagem pela literatura e as sensações que as obras causam nas pessoas

O livro é uma verdadeira viagem pela literatura

O livro é uma verdadeira viagem pela literatura

Divulgação

“A Garota Que Lê no Metrô” é um romance que inspira à leitura. A escrita de Chritine Féret-Fleury é delicada, em narrativa de linguagem sofisticada e simples, ao mesmo tempo. É uma tocante homenagem aos clássicos e aos grandes escritores de todos os tempos.

O romance tem como protagonista Julliette, uma jovem que leva uma vida sem graça em Paris como corretora de imóveis, ela faz isso apenas para ter contato com as pessoas. O ponto positivo nessa rotina são suas viagens de metrô até o trabalho, quando observa as pessoas e os livros que lêem.

Há o homem que cheira o livro antes de começar a leitura; uma jovem que chora sempre que chega à página 247; e tantos outros personagens. Mas serão o iraniano Soliman e sua pequena filha Zaïde que mudarão os rumos da vida de Julliette? Bem, para saber isso é preciso ler o livro, que vale muito a pena.

O livro é uma verdadeira viagem pela literatura e as sensações que as obras causam nas pessoas.

Todas as citações literárias de “A Garota Que Lê no Metrô” são referidas no fim da obra. 

“A Garota Que Lê no Metrô”
160 páginas
R$ 34,90
Editora Valentina