Meu primeiro dia no Canta Comigo (Parte 2)

Neste artigo, continuo contando como foi meu primeiro dia no programa Canta Comigo 4

São Paulo, SP - 15.04.2022 -  Canta Comigo - Gravação do programa Canta Comigo, última chance de classificação para os cantores participarem da disputa musical. Foto Edu Garcia/R7

São Paulo, SP - 15.04.2022 - Canta Comigo - Gravação do programa Canta Comigo, última chance de classificação para os cantores participarem da disputa musical. Foto Edu Garcia/R7

Edu Garcia/R7 - 15.04.2022

Parte 2

Chegando no prédio, fomos para um lounge ouvir as instruções antes de irmos para o estúdio. Era legal ver tanta gente matando a saudade, muitos não deviam se ver desde as gravações do ano anterior e dava pra sentir muita alegria e amizade verdadeira no ar. Peguei a plaquinha com meu nome, a chave do armário e a Tatá me apresentou a Stephanie Balek, cantora lírica, professora e jurada. Ela me perguntou onde eu estaria sentado no painel, e quando respondi, disse que estaria quase ao meu lado. Ufa! Não vou ficar ali sem conhecer ninguém.

Stephanie Balek e eu, Leo Von

Stephanie Balek e eu, Leo Von

Wesley Fernandez

No estúdio de gravação, sentei no meu lugar e coloquei o microfone. Ficava na ponta esquerda do painel. Ao meu lado direito já era o corredor e não havia ninguém. Bom, vou interagir somente com quem se sentar ao meu lado esquerdo. Quem será que vem aí? Era o Beto Marden, ator, cantor, diretor e apresentador. Bom, experiência ele tinha, seria perfeito pra me auxiliar em como navegar por aquele mundo novo do qual eu agora fazia parte. E assim foi feito. Beto se tornou um irmão com pouco tempo de convivência.

Assim, o diretor Marcelo Amiky passou as informações, instruções e cronograma das gravações do programa. De forma firme e ao mesmo tempo extremamente gentil, explicava aos jurados recém-chegados o que fazer. “Se o candidato te emocionar, levanta, aperta o botão e canta com ele”. Simples.

Na fileira abaixo, vi uma Cowgirl com bota, chapéu, lenço e faca na cintura. “Aqui vai ter papo”, pensei. Era Adriana Farias. Perguntei se ela curtia Country Music e ela já soltou: “Adoro George Strait, Alan Jackson, Shania Twain, Garth Brooks”. Beleza, tô em casa. A Adriana, me ajudou muito a encontrar meus figurinos para o programa. Desde o primeiro dia me ensinou a amarrar lenços de Cowboy, fazer o nó de vaqueiro (o Buckaroo knot), me presenteou com Wild Rags (aqueles lenços grandes, clássicos americanos), passadores de lenço, me emprestou chapéus, entre várias dicas.

Stephanie Balek, antes de começar a gravação do programa, passa o som e prepara alguns dos candidatos para suas apresentações. Só após isso tudo ela vem para o painel. Chegando em nossa fileira, senta-se ao lado do Beto Marden, e em seguida ao lado dela, Victor Aguiar, saxofonista, cantor e ator. O Victor, também viveu muito tempo nos EUA, fala um inglês impecável, além de músico extraordinário. Tivemos muito papo e muita coisa em comum. Começamos com o pé direito.

Eu, Beto Marden e Stephanie Balek

Eu, Beto Marden e Stephanie Balek

Antonio Chahestian

E assim foi formado meu primeiro grupo de amigos do Canta Comigo. Grandes amigos. Mas esse grupo foi somente o primeiro, do primeiro dia. Muitos outros se formaram e tudo isso só iria crescer. Até o final do último dia de gravação do programa, formei minha segunda família.

No dia seguinte, gravamos o episódio número um da quarta temporada do programa. Agora era pra valer!

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas