Glen Campbell: Um verdadeiro Guitar Hero

Além de exímio cantor, compositor, ator, e até apresentador de TV, o ídolo da Country Music era acima de tudo um dos maiores guitarristas de todos os tempos

  • Toque Toque | LEO VON, do R7

Glen Campbell

Glen Campbell

NBC/NBCU PHOTO BANK VIA GETTY IMAGES
Elvis Presley e Glen Campbell

Elvis Presley e Glen Campbell

Frank Carroll

Quando pensamos em Glen Campbell, geralmente nos lembramos das grandes canções que marcaram os anos 60 e 70, principalmente. “Gentle on my Mind” foi um sucesso imediato vencendo 4 Grammys em 1968 e tocou mais de 5 milhões de vezes nas rádios, e logo em seguida “By the Time I get to Phoenix” que ganhou 2 Grammys no mesmo ano e segundo a BMI (Broadcast Music, Inc., uma das organizações de direitos autorais dos EUA) a terceira música mais executada entre 1940 e 1990, além de ter sido ranqueada número 20 no grupo das Top 100 do século XX. Apresentou o programa de TV “The Glen Campbell Goodtime Hour” entre 1969 e 1972 após sua participação como apresentador convidado no clássico “The Smothers Brothers Comedy Hour”. Mas antes de todo esse sucesso, ele era conhecido entre produtores e gravadoras por sua extraordinária habilidade na guitarra, participando de diversas sessões de estúdio e shows com outros artistas já estabelecidos na indústria.

Glen nasceu no estado de Arkansas nos EUA em 1936 e se mudou para Los Angeles em 1960 para se tornar um músico de sessão. Estes, são intérpretes instrumentistas e cantores que  trabalham para outros músicos e artistas em shows ou sessões de gravação. Logo que chegou, fez parte da lendária banda de estúdio The Wrecking Crew (vale mais pra frente um artigo só sobre eles), um dos grupos mais requisitados em Los Angeles para gravações dos maiores discos da época. Até 1963 havia participado em 586 músicas gravadas. Assinou com a Capitol Records, mas não obteve grande sucesso, por isso acabou se dedicando exclusivamente à carreira de músico acompanhante e de sessão.

Glen Campbell (à esquerda) com os Beach Boys

Glen Campbell (à esquerda) com os Beach Boys

The Beach Boys

Campbell gravou com os Beach Boys, Bobby Darin, Frank Sinatra, Ricky Nelson, Dean Martin, Nat King Cole, The Monkees, Nancy Sinatra, Merle Haggard, Jan and Dean, Bing Crosby, Phil Spector, Sammy Davis Jr., Doris Day, Bobby Vee, The Everly Brothers, Shelley Fabares, The Cascades, Elvis Presley entre muitos outros. Tá bom pra você? Numa dessas, tornou-se amigo particular de Elvis, quando se conheceram durante as gravações de Viva Las Vegas. Vale mencionar que além de Presley, Glen era uma pessoa muito querida no meio, amigo de muitos dos artistas de todos os estilos, e tinha uma grande vocação em ajudar grandes talentos a ingressar de fato no Show Business. De 1964 até 1965 fez parte dos Beach Boys como substituto de ninguém menos que o líder Brian Wilson em shows e apresentações como cantor e baixista, além de ter gravado guitarra num dos álbuns mais emblemáticos do grupo e dos anos sessenta, o Pet Sounds de 1966. Tocou baixo também para o ídolo dos anos 50 Ricky Nelson (na verdade Rick Nelson, já que ele tirou o “Y”, diminutivo de Rick, após completar 21 anos de idade…). 

Álbum "Gentle on my Mind"

Álbum "Gentle on my Mind"

Glen Campbell

Como sua carreira estava mais focada nos estúdios e palcos com outros artistas, a gravadora estava pensando em desfazer seu contrato, inclusive porque não havia tido grande sucesso comercial com nenhum lançamento até então. Pois é então que ele grava “Burning Bridges” seu primeiro sucesso, seguido por “Gentle on my Mind” que se tornou aquele sucesso instantâneo já mencionado. À partir daí, Glen Campbell passou a ser o ídolo que conhecemos desde então. Mas a ideia aqui é falar sobre o guitarrista e não o cantor. Assista o vídeo abaixo e entenda o que estou dizendo:

Pois é… O nível de sofisticação na guitarra é algo impressionante. Antes de assistir esse vídeo, não tinha essa noção da dimensão dele como guitarrista. Sua forma de tocar é maior que a música, maior que ele mesmo. O som da sua guitarra é uma entidade própria. A facilidade com que transita pelos campos harmônicos aparentemente escondidos dentro dos acordes simples da Country Music é deslumbrante.

Uma pena, não tive o privilégio de assisti-lo ao vivo. As gravações dos discos são excelentes, claro, mas a interpretação nos palcos era totalmente diferente. Havia uma liberdade tanto poética quanto comportamental, livre movimento e pensamento. Talvez pela época, pelo estilo musical, as gravações dos grandes sucessos tinham que ser mais contidas, diferente de um Eddie Van Halen que ficou famoso por sua forma de tocar guitarra e por isso era o instrumento predominante nos discos. Van Halen, inclusive, admirava muito Glen Campbell, e segundo Alice Cooper, Eddie o pediu ajuda pra ver se conseguia fazer umas aulas de guitarra com Glen. Esse era o nível de guitarrista que ele era. 

Glen Campbell ao vivo com Alice Cooper

Glen Campbell ao vivo com Alice Cooper

Chris Walter/WireImage

Glen Campbell faleceu em 2017 após uma longa e dura deterioração causada pela doença de Alzheimer mas deixou um enorme legado musical, colecionando prêmios, recordes de vendas e emplacando diversos #1 nas paradas de sucesso do mundo todo. Sua influência ajudou tantos como Dolly Parton, Jerry Reid, Alan Jackson, Keith Urban entre muitos outros. Alice Cooper também era um grande amigo. Numa entrevista à Fox após o falecimento de Campbell, o Rocker contou sobre a relação de amizade entre eles e suas famílias, contou o caso de Van Halen pedindo uma ajuda pra conseguir umas aulinhas e disse que o considerava um dos 5 maiores guitarristas de todos os tempos. Jimmy Webb, que escreveu muitas músicas com Glen, disse à uma entrevista na ABC que ele conseguia tocar com “qualquer guitarrista no mundo, desde George Benson até Eric Clapton”, e comentou que Paul McCartney também o considerava um dos melhores guitarristas.  

Que seu legado continue inspirando músicos e musicistas, cantores, compositores e amantes da guitarra. Com certeza eu fui um deles, e fica aqui minha simples homenagem ao grande ícone, pessoa e músico que foi Glen Campbell.

Últimas