Toque Toque The Beatles - O quarteto de Liverpool e a Country Music

The Beatles - O quarteto de Liverpool e a Country Music

Curiosamente, o maior fenômeno da música popular de todos os tempos, também faz parte da história da Country Music

  • Toque Toque | LEO VON, do R7

Os Beatles em 1964 no Reed Pigman's Ranch, Missouri

Os Beatles em 1964 no Reed Pigman's Ranch, Missouri

Curt Gunther

Às vezes me pergunto, como foi que cheguei até aqui musicalmente. Hoje, a Country Music americana se tornou minha identidade pessoal e profissional. Mas minhas maiores influências sempre foram os Beatles e o classic rock em geral. Curiosamente também divido com eles as mesmas referências e escolas da primeira metade do século XX como o Blues, Soul, Rockabilly, R&B, e também, a Country Music. Há quem diga que os Beatles foram o conduíte que levou os primórdios desses estilos até o que se definiu, ou pelo menos grande parte, do que hoje conhecemos como música popular, e isso inclui o country moderno. Mas eu sempre fui do rock. De Ac/Dc à ZZ Top. Bom, o som do Ac/Dc tem suas raízes no Rockabilly e Blues, e ZZ Top é uma banda de Country/Blues. Mas apesar de dividir influências e referências, talvez o motivo da minha naturalidade e fluidez no country seja resumido em apenas um: os Beatles.

Origens e raízes

Paul McCartney e John Lennon com seu grupo de Skiffle, "The Quarrymen" em 1957

Paul McCartney e John Lennon com seu grupo de Skiffle, "The Quarrymen" em 1957

The Beatles

O início do grupo foi com Skiffle, um estilo de música Folk americana que usava instrumentos improvisados como garrafas, washboards (tábuas de lavar roupa), cabos de vassoura em baldes de metal, uma versão rústica do “Traditional Jazz”. Além do Skiffle, o Rockabilly e R&B foram suas maiores inspirações, naquele momento em que os estilos se confundiam com o que seria o rock ainda em sua formação. George Harrison, principalmente, incorporou o estilo de Carl Perkins na guitarra, um dos mais importantes nomes da Rockabilly. As guitarras de preferência de Harrison eram a Tennessean e a Chet Atkins Country Gentleman da marca Gretsch, batizada em homenagem à Chet Atkins, gênio da guitarra country e ídolo de George.

Os Beatles em 1964 no Missouri, EUA

Os Beatles em 1964 no Missouri, EUA

Curt Gunther

Os Beatles e a Country Music

A Country Music marcou muitas gravações, composições e arranjos durante a carreira dos Beatles, antes, durante e após sua separação. Principalmente o álbum Beatles for Sale de 1965 era quase como um disco feito em Nashville (cidade no estado do Tennessee nos EUA que representa o centro do estilo musical no mundo). Nesse disco tinham músicas como “I’m a Loser”, “I Don’t Want to Spoil the Party”, “No Reply”, “Baby’s in Black”, além de versões de “Honey Don’t” e “Everybody’s Trying to Be My Baby” ambas de Carl Perkins. No disco seguinte, “Help!”, além da original “I’ve Just Seen a Face”, fizeram uma versão de “Act Naturally” originalmente de Buck Owens, e relançada em 1989 dessa vez com Owens ao lado de Ringo Starr. O baterista também escreveu e cantou “What Goes On” e “Don’t Pass Me By” com os Beatles, até seu segundo álbum solo, gravado em Nashville em 1970, o “Beaucoups of Blues” totalmente Country. Os Beatles também nos presentearam com obras como a western “Rocky Raccoon” do álbum branco, “Two of Us” e “Dig a Pony” do Let it Be.

Carreiras solo em modo Country 

Após a separação do grupo, além de Ringo e seu primeiro disco, George Harrison incorporou a guitarra Steel (instrumento tradicional do country) no seu brilhante álbum “All Things Must Pass”. Paul, antes de formar o Wings, lançou o álbum “Ram” com diversas influências country como “3 Legs” e “Heart of the Country”. Com o Wings foram muitas músicas do gênero, incluindo “Sally G” que entrou para as paradas Top Country Songs em 1974 (meio timidamente, mas entrou) gravada em Nashville. John Lennon, sempre teve o estilo incorporado em suas composições, tanto letra quanto música, mas nem sempre era explícito em seus arranjos. Isso inclui canções escritas durante sua carreira solo e com Harry Nilsson. Mas a clássica “Crippled Inside” do disco Imagine, é uma verdadeira obra country.

Parece estranho, mas o maior grupo de Pop/Rock de todos os tempos não foi somente influenciado, mas também influenciou tantos artistas da música tradicional americana. As linhas de composição dos Beatles transcenderam barreiras musicais e mudaram a forma de escrever música popular, independente do estilo. E é por isso que a Country é tão natural para mim. Como para a maioria das perguntas sobre a minha vida, a resposta sempre é: Os Beatles.

Últimas