Keila Jimenez  Ana Maria fez de tudo, mas nunca conseguiu abandonar o cigarro

 Ana Maria fez de tudo, mas nunca conseguiu abandonar o cigarro

A apresentadora, que chegou a fumar mais de 40 cigarros por dia, vinha tentando reduzir os cigarros desde o ano passado, a pedido dos médicos

Ana Maria Braga fuma há mais de 40 anos

Ana Maria Braga fuma há mais de 40 anos

Reprodução

Não foram poucas as batalhas que Ana Maria Braga, 70, travou contra o câncer ao longo da vida.

Esse seria o quarto tumor enfrentado pela apresentadora, o segundo no pulmão. Ana anunciou na manhã desta segunda-feira (27) que está com câncer na região do pulmão.

Apresentadora Ana Maria Braga revela novo câncer no pulmão

Mas outra luta de longa da data para Ana é para se livrar o cigarro.

Fumante há mais de quarenta anos, a apresentadora tentou várias vezes se livrar de vez do vício.

Tentou patches, medicamentos, terapias... Nada deu certo. 

"Uma vez tomei um remédio para reduzir a vontade de fumar e fui parar no hospital", contou ela .

Em 2016, abriu para o público na TV que não havia parado de fumar, mesmo depois de enfrentar três tumores.

Dona de uma vida regrada com relação a alimentação e exercícios, Ana nunca gostou de falar sobre o cigarro. Sabia que precisava parar.

Além das recomendações dos médicos, também é alvo constante das broncas dos filhos, familiares e amigos mais próximos.

Claudia Raia chegou a intimá-la ao vivo, em rede nacional, no 'Mais Você'.

“Por ser atriz, a gente precisa da imagem e tal. Hje eu estou colhendo o que eu plantei uma vida inteira. Uma vida inteira sem drogas, sem fumar, né, dona Ana Maria…”, disparou Claudia durante uma participação no 'Mais Você' no ano passado.

No início de 2019, Ana contou que vinha se preparando psicologicamente para parar de fumar. Amigos revelam que ela realmente reduziu drasticamente o consumo diário de cigarros e já pensava em uma data para colocar fim de vez ao vício.

Ana começou a fumar ainda jovem, quando trabalhava em uma grande editora de revistas femininas, e nunca conseguiu parar de vez.

Ficou alguns períodos curtos longe do vício, mas sempre acabava voltando. Chegou a fumar mais de 50 cigarros por dia, quase três maços.

"A gente nunca acaba com um amor assim. Você está na cama com um cara e fala: ‘Não quero mais você! Vou-me embora e acabou!’ Não existe isso [risos]. Imagine. [O cigarro] tá lá, é meu companheiro, meu confidente”, declarou a loira em entrevista à Folha em 2019.