Ator que fez zumbi em série famosa é preso após morder fã apaixonada

O ator Michael Mundy, de 'The Walking Dead', está preso após supostamente agredir e morder uma fã britânica com quem teve um affair

Beverly e o ator Michael Mundy, de 'The Walking Dead'

Beverly e o ator Michael Mundy, de 'The Walking Dead'

Reprodução

O ator norte-americano Michael Mundy, que interpretou um zumbi devorador de carne humana na série "The Walking Dead", foi acusado de agressão depois de supostamente ter mordido (isso mesmo, mordido) uma britânica com quem ele havia se relacionado.

Beverly Jackson, 41, e Mundy, 52, se conheceram há oito anos, quando ele voou para Liverpool, na Inglaterra, para uma convenção de terror com os fãs das franquias. Ela disse ao 'The Sun' que Mundy era encantador no começo e prometeu ajudá-la a entrar no showbiz.  Os dois viveram um affair.

“Eu me apaixonei por ele. Inicialmente, ele era muito charmoso e prometeu me ajudar a entrar em filmes - mas ele se tornou cada vez mais abusivo ”, disse Jackson.

Eles mantiveram contato até 2018, quando Mundy teria a agredido pela primeira vez. Segunda a mulher, o primeiro ataque ocorreu há dois anos, em um quarto de hotel na Alemanha.

"Ele me bateu no rosto, me mordeu nas mãos, braço e costas, me chutou e me jogou para fora da sala", disse Jackson. As marcas das mordidas no corpo da fã foram usadas como provas contra o ator .

Em novembro do ano passado, Mundy foi condenado por agressão e preso, e proibido de tentar entrar em contato com Jackson. Mas, ao ser libertado após uma sentença curta, ele violou sua ordem de restrição e foi mandado de volta para a cadeia.

O ator deve ser libertado da prisão em Liverpool ainda este ano. Jackson, no entanto, disse ao 'The Sun' que teme que ele "não pare de persegui-la até que ela morra".

Mundy apareceu em "The Walking Dead" entre 2011 e 2012 e também atuou em filmes como "Flight" com Denzel Washington.