Keila Jimenez Com a saída de Schroder, Boninho quase virou todo poderoso da Globo!

Com a saída de Schroder, Boninho quase virou todo poderoso da Globo!

Boninho e Ricardo Waddignton eram os candidatos mais cotados ao posto de diretor-executivo de Criação e Produção, deixado por Schroder

  • Keila Jimenez | Do R7

Waddignton e Boninho eram os mais cotados

Waddignton e Boninho eram os mais cotados

Reprodução

Foi por pouco. Chefão dos programas da linha de shows da Globo, Boninho era um dos executivos cotados para assumir o alto comando da emissora na saída de  Carlos Henrique Schroder .

Schroder, diretor-executivo de Criação e Produção de Conteúdo da Globo, deixará a empresa em 2021. 

Boninho concorria ao cargo ao lado de Ricardo Waddington, que acabou ficando com a vaga. Waddignton é o novo diretor de Entretenimento da Globo e deve iniciar o processo de transição já no próximo mês.

Fontes garantem que o temperamento mais diplomático de Waddington pesou na escolha dele, uma vez que Boninho é conhecido por seu gênio forte, apesar do seu inegável talento.  Está sob a batuta dele algumas das maiores audiências e faturamentos da emissora atualmente.

Boninho e Waddignton vinham em uma disputa de poder há pelo menos seis anos.

Ninguém sabe ainda como ficará essa divisão de comando do Entretenimento com as mudanças na direção emissora. Boninho agora responderá a Waddington, que mandará em praticamente toda a programação da Globo a partir de 2021.

A dramaturgia também terá troca de comando muito em breve.

Últimas