Keila Jimenez Depois de Whindersson, Carlinhos Maia é detonado por Felipe Neto

Depois de Whindersson, Carlinhos Maia é detonado por Felipe Neto

A confusão começou depois que Maia resolveu criticar jovens que falam sofrer de depressão e pensam em suicídio; Neto resolveu dar lição de moral

  • Keila Jimenez | Do R7

A treta da vez é entre Felipe Neto e Carlinhos Maia

A treta da vez é entre Felipe Neto e Carlinhos Maia

Reprodução

Dois dos maiores influenciadores digitais do Brasil estão em guerra.

Carlinhos Maia se meteu em outra polêmica após publicar um vídeo no Instagram criticando jovens que pensam em suicídio.

“Eu vejo meninos de 16 anos me mandando ‘eu quero me matar’. Vai imbecil, vai se matar porque você nem começou a vida ainda (…). Venha perguntar a uma mulher de 75 anos, que até hoje trabalha, sustenta os netos, que até hoje está varrendo o quintal, que está catando latinha na rua para sustentar os bisnetos, venha perguntar se ela se matou com 16 anos. Eu não sei os seus motivos, mas sei os delas”, afirmou ele.

Rapidamente, o vídeo passou a ser compartilhado nas redes sociais, com direito a comentários negativos à fala de Carlinhos. Após a repercussão, ele teria apagado os Stories.

Mas já era tarde. Além de críticas de todos os lados, Carlinhos ganhou um algoz poderoso, o também influenciador digital Felipe Neto, um dos youtubers mais famosos do mundo. Além de dizer que incitar o suicídio é crime previsto no código penal, Neto detonou o colega por falar dessa forma sobre uma doença tão grave como a depressão.

"Nesse momento do mundo, não existe nada mais importante do que se informar a respeito da depressão e tudo o que envolve essa doença. Está começando agora o setembro amarelo. Depressão é o mal do século no mundo inteiro. A sua dor é legítima. O seu sofrimento é real e legítimo. Ninguém pode dizer que não é. O que você precisa é de buscar maneiras de conseguir melhorar. O que você tem é uma doença. Eu espero que vocês não deixem esse tipo de mensagem influenciar vocês”.

Detalhe: setembro é o mês dedicado à prevenção de suicídio. No Brasil, há um suicídio a cada 45 minutos. No mundo, há uma tentativa a cada três segundos e um suicídio a cada 40 segundos.. Provocar o fim da própria vida está entre as principais causas de morte entre jovens.

Vale lembrar que tempos atrás Carlinhos se desentendeu com outro gigante da internet, Whindersson, que também luta contra a depressão.

Carlinhos Maia, por sua vez, disse que deturparam e editaram o vídeo em que fala sobre depressão.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas